Os Incríveis 2: diretor fala sobre a competição com os filmes de heróis.

O primeiro Os Incríveis estreou em 2004, anos antes da existência do Universo Marvel Cinematográfico e do Batman enfrentar o Superman nos cinemas. O diretor Brad Bird, responsável pelo filme original e também pela sequência, reconhece que hoje o cenário é bem diferente daquele de 11 anos atrás, e que a família de super-heróis Pêra terá muita concorrência quando chegar aos cinemas em Os Incríveis 2.

O que mudou de lá pra cá foi que haviam apenas duas outras franquias de super-heróis no ano que aquele filme [Os Incríveis] foi lançado. Uma delas era X-Men e a outra era Homem-Aranha. Agora existem 400 milhões delas e há um novo filme de super-herói a cada duas semanas“, afirmou Bird ao site Collider.

os-incriveis-2-brad-bird-confirma-sequencia-da-animacao_3

 


 

No mesmo ano que Os Incríveis chegou aos cinemas apenas dois outros filmes de super-heróis arrecadaram mais de US$ 150 milhões nas bilheterias mundiais: Homem-Aranha 2 e Blade Trinity (O Justiceiro, Mulher-Gato eHellboy também chegaram aos cinemas naquele ano). Para se ter noção, o ano que vem terá sete grandes lançamentos. 

O diretor afirmou que para conquistar fãs novos e agradar aos antigos em Os Incríveis 2, o desafio será apresentar uma história nova com originalidade. “O que não queremos fazer é andar no mesmo território, na mesma maneira que todos fazem. Então nós estamos tentando nos manter focados numa área do nosso filme voltada um pouco mais para os personagens e seus relacionamentos, coisas assim, e vamos ver onde isso nos levará“, comentou o cineasta.

O diretor, que também assina o roteiro do longa, afirmou que já tem o arco principal da história e que já escreveu 75% do roteiro. A data de estreia continua em aberto. “Datas de lançamento são uma coisa fluida quando você está fazedo um filme com tanta antecedência. Alguns filmes são mais difíceis de unificar e de resolver todos os desafios enquanto outros são um pouco mais rápidos, então vou trabalhar o mais rápido que eu puder trabalhar, com uma equipe relativamente pequena porque eu prefiro equipes pequenas“, disse o cineasta.

No primeiro Os Incríveis, a opinião pública e o governo estão contra os super-heróis, que são forçados a levar uma vida pacata. Entretanto, Roberto Pêra e sua família irão assumir seus poderes novamente — mais de 10 anos depois da aposentadoria compulsória dos heróis — quando um vilão ameaça a segurança da Terra. Orçado em US$ 92 milhões, o filme arrecadou US$ 631 nas bilheterias mundiais.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: