O CINEMA E O CARNAVAL

Por Eduardo Pepe

 

Já estamos em fevereiro, o que no Brasil significa que o Carnaval já está no ar. Para quem se interessa em ver como a famosa festa brasileira foi retratada no cinema ao longo dos anos, essa lista destaca oito filmes que abordaram de diferentes formas e em diferentes épocas o tema.

 

Orfeu do Carnaval (1959)

@Orfeu do Carnaval

O conto grego de Orfeu e Euridice já foi adaptado em diversas formas e contextos. Essa versão aqui que coloca o romance dentro do carnaval do Rio de Janeiro é uma das mais famosas sendo um clássico do cinema. Dentre os feitos, o longa, que é uma coprodução entre França, Itália e Brasil, venceu a Palma de Ouro de Melhor Filme no festival de Cannes e o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro. Há uma versão totalmente brasileira de 1999 dirigida por Cacá Diegues.

 

Trinta (2014)

@Trinta

O filme é uma cinebiografia de um dos carnavalescos mais famosos do Brasil; Joãozinho Trinta. O longa conta sua história, desde antes da descoberta da profissão, até se tornar o carnavalesco da Acadêmicos do Salgueiro, uma das maiores escolas de samba do Rio de Janeiro. Na pele do protagonista está Matheus Nachtergaele que pela ótima atuação foi indicado a Melhor Ator no Grande Prêmio do Cinema Brasileiro.

 

Damas do Samba (2013)

@Damas do Samba

O documentário faz um breve passeio pela história da presença feminina no carnaval e no samba. Entre musas, passistas, compositoras, madrinhas e carnavalescas, o longa forma um painel representativo da mulher dentro desse cenário.

 

Axé: Canto do Povo de Algum Lugar (2016)

@Axé Canto do Povo de Algum Lugar

Assim como o samba no carnaval do Rio, o Axé é praticamente sinônimo de carnaval em Salvador. O documentário conta a história do gênero, indo da sua origem até o auge do sucesso.

 

007 contra o Foguete da Morte (1979)

@007 Contra o Foguete da Morte

Nessa aventura de James Bond, o agente secreto mais famoso do mundo viaja para vários países, incluindo, o Brasil durante o período do carnaval. É desse filme a famosa sequência da luta nos cabos de aços do Pão de Açúcar.

 

Dona Flor e Seus Dois Maridos (1976)

@Dona Flor e Seus Maridos

Nessa clássica adaptação do romance de Jorge Amado, a trama começa em período de carnaval e retrata aspectos culturais fortes da Bahia. A jovem Dona Flor (Sonia Braga) fica viúva em pleno carnaval, mas, mesmo depois de morto, seu problemático marido se recusa a deixa-la em paz reaparecendo como fantasma. O longa foi um grande sucesso de público tanto nacional quanto internacionalmente e chegou a ser indicado ao Globo de Ouro na categoria de Melhor Filme Estrangeiro.

 

Garota de Ipanema (1967)

@Garota de Ipanema

Inspirada na famosa canção de Tom Jobim e Vinicius de Moraes, o longa gira em torno de uma jovem em crise existencial que busca se encontrar durante o carnaval do Rio. A jovem em questão é Marcia (Márcia Rodrigues), uma típica garota de Ipanema da época. Ela toma banho de mar no Castelinho, gosta de bossa nova, frequenta rodas intelectuais e estuda na PUC. Além de está na trilha sonora, Chico Buarque tem um papel pequeno no filme.

 

Madame Satã (2002)

@Madame Satã

Madame Satã foi uma drag queen que ficou famosa na vida noturna e marginal brasileira ao se apresentar em diversas ocasionais, incluindo, desfiles de carnaval. Ao protagonizar o filme, Lázaro Ramos, em das melhores performances de sua carreira, se tornou a grande revelação do ano e ganhou uma enxurrada de prêmios, incluindo, Melhor Ator pela Associação Paulista de Críticos de Arte e no Grande Prêmio do Cinema Brasileiro.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: