Metropólis (1927)

Por Igor Quadros

 

Minha indicação de filme para domingo é Metrópolis (1927), do diretor Fritz Lang”. O gênero é ficção científica. Esse filme sem dúvidas é uma viagem. Achei fantástico!!!!

O enredo é ambientado no século XXI, precisamente no ano de 2026. Acreditem George Lucas criador de Star Wars, se inspirou no robô de “Metrópolis” para criar C3PO o androide da saga Guerra nas Estrelas (Titulo em Português). Eu percebi que tem muitas outras referências de Metrópolis em Star Wars. Filme atemporal que representa muito bem a divisão de classes e o sistema capitalista da época, que existente até nos dias de hoje.

 

boa 2
Algumas pessoas tem certo preconceito com o cinema mudo. Gostei muito deste filme por ser visionário na questão futurista, e por abordar o papel de dominados e dominadores na sociedade. Na primeira cena do filme, é interessante quando ocorre a troca de turno, onde os trabalhadores que estão terminando a jornada marcham em ritmo lento representando o cansaço da exploração, e em contrapartida, os que iniciam a jornada de trabalho estão em um ritmo acelerado. Outra famosa cena do filme é quando Brigite Helm dança com os seios de fora.

O famoso robô do filme é chamado de Maschinenmensch, interpretado pela atriz Brigitte Helm em ambas as formas assumidas por ela, a robótica e a humana, o personagem se tornou um dos maiores ícones do cinema. O Maschinenmensch é chamado por vários nomes no filme: Parody Ultima, Futura, Robotrix, Maria (falsa) e Hel. Uma obra muito inteligente! O filme é maravilhoso! Espero que Hollywood nunca faça, ou sequer pense em fazer, uma refilmagem. Há coisas que são sagradas! Nota: 20

 

boa 3

———————————————————————————————————————–

IGOR QUADROS
IGOR QUADROS

Um comentário em “Metropólis (1927)

  • 16/08/2015 em 22:33
    Permalink

    filme obrigatório.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: