Impastor (USA): Primeiras Impressões

Por Neildo Araújo

 

O canal TVLand exibe comédias como sua programação original. Com The Soul Man e The Exes, ambas em temporadas finais, o canal precisava de algo novo. Diferente do que o público estava habituado. Em março estreou a ótima Younger, já renovada para a segunda temporada. Nessa summer season o canal levou ao ar Impastor, série estrelada por Michael Rosenbaum.

A história gira em torno de Buddy Dobbs (Rosenbaum, de Smallville), um jogador e viciado em maconha que está cheio de contas para pagar. Sem dinheiro, ele foge e se esconde em uma pequena cidade do interior onde convence os moradores ser um pastor gay que assumirá a igreja local. Seu primeiro pensamento é o de fugir com o dinheiro da paróquia mas, quando ele percebe que os moradores realmente o aceitaram como ele é, Buddy decide ficar por mais um tempo. Logo ele se aproxima dos moradores da cidade, causando alvoroço na comunidade gay local, e também nas mulheres que o cercam.

A série estreou em 15 de julho. Com 10 episódios na sua primeira temporada.

 

O que eu achei: Ver uma série do TVLand depois da grande surpresa que foi Younger não seria difícil. A comédia é satírica e inteligente. Rápida e sem clichês (não tem a chata risada de fundo). O episódio piloto agrada, e você até esquece de Lex Luthor por uns instantes. Temos um Rosenbaum que vai se adequando ao personagem enquanto o episódio vai passando, até que ele se encaixa no papel. O elenco de apoio não deixa a desejar. Não é caricato. Mas também não é apagado. Impastor pode se tornar um grande sucesso se conseguir manter a qualidade.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: