Fome Animal (1992): Para quem Curte um bom Trash

Por Renan Astério

 

O Longa conta a história de uma mãe de um rapaz muito tímido que é mordida por um macaco-rato de Sumatra, fica doente e morre, mas retorna como um zumbi matando e comendo animais e pessoas. O filho tenta esconder o fato, principalmente da moça por quem está apaixonado, mas a peste se alastra rapidamente e ele vê sua casa ser invadida por uma legião de mortos-vivos.

O Primeiro filme do Peter Jackson é simplesmente uma obra prima dos filmes Trash, assim como um dos filmes mais sangrentos e nojentos da história do cinema.

Só pra começar, foram usados mais de mil litros de sangue de porco durante as filmagens. O custo da produção girou em torno de três milhões de dólares, o que, para os padrões trash, é algo bem generoso.

Cenas grotescas, absurdas, ridículas e totalmente imprevisíveis acontecem a todo instante, tornando tudo propositalmente hilário.

Em suma, um dos meus filmes preferidos, o famoso “terror”, com uma dose gore bem pronunciada. Na Noruega, foram distribuídos sacos de vômito para os espectadores no cinema. É, não se fazem mais vikings como antigamente…

———————————————————————————————————————–

11535691_688606511268630_1643428231268822203_n
RENAN ASTÉRIO

Nota: 4/10

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: