FILMES OFF CARNAVAL

Por Eduardo Tavares

 

O carnaval está a todo vapor em muitos estados brasileiros com comemorações carnavalescas. Mas se você está incluído na parte da população que não quer nem pensar em sair para a folia e deseja fugir do clima de confusão, animação e muito suor, vá atrás de um cobertor, uma pipoca e dessas dicas de filmes. Todos eles, de algum modo, te farão esquecer o que está acontecendo nas principais cidades de todo o Brasil. O melhor de tudo: todos os filmes estão disponíveis no catalogo nacional da Netflix.    

 

O Ano Mais Violento (2014)

@O Ano Mais Violento

Nesse drama com ares de suspense, Oscar Issac é dono de uma petrolífera e tenta tocar seus negócios mesmo com constantes assaltos a seus motoristas. Sem saber de onde vem tantos ataques, ele tenta fazer o possível para não se render a ilegalidade. Além do clima forte de tensão e da bela fotografia, o destaque fica para as excelentes atuações de Issac e Jessica Chastain, que pelo papel da fria e calculista esposa foi indicada ao Globo de Ouro.

 

Whiplash – Em Busca da Perfeição (2014)

@Whiplash – Em Busca da Perfeição

Antes de fazer o fenômeno “La La Land”, o diretor Damien Chazele fez esse filme que também envolve Jazz e a busca pelo sucesso, mas em uma pegada muito diferente. No filme, Miles Teller é um jovem músico que deseja ser o melhor baterista de jazz de sua geração. Para isso, ele acaba encontrando um professor que não tem qualquer pudor em ultrapassar limites éticos, físicos e emocionais. Indicado a 5 Oscar, incluindo Melhor Filme, venceu Edição e Edição de Som pelo minucioso trabalho de acompanhar o ritmo do filme ao ritmo frenético da bateria e Melhor Ator Coadjuvante para a explosiva interpretação de JK Simmons como o psicótico professor.

 

Descompensada (2015)

@Descompensada

A comediante feminista Amy Shummer escreve e estrela aqui em um papel que se convencionou a ser feito por homens. Ela não quer saber de responsabilidades muito menos de relacionamento sério e vive colecionando parceiros sexuais. Tudo muda quando ela se apaixona por um médico atrapalhado e tímido que vive de forma totalmente diferente da dela. O longa se destaca pela forma ácida que aborda a temática e pelo elenco talentoso que inclui coadjuvantes de luxo, como as vencedoras do Oscar Tilda Swinton e Brie Larson.

 

As Sufragistas (2015)

@As Sufragistas

Nesse filme temos um importante registro histórico do início da luta do movimento das mulheres pelo direito do voto feminino na Inglaterra. A protagonista interpretada pela ótima Carey Mulligan representa um enorme número de mulheres que dedicaram a vida ao movimento, marcado por repressão pesada do governo e de parte da sociedade. O elenco conta ainda com a presença de Helena Bonham Carter e uma participação especial de Meryl Streep como Emmeline Pankhurst, uma das fundadoras do movimento britânico do sufragismo.

 

Mundo Cão (2016)

@Mundo Cão

Nesse suspense regado a vinganças e maus entendidos, Nenê (Lázaro Ramos) é um bandido violento que por perde seu cão e, por demorar a encontra-lo, o amado pet acaba sendo sacrificado pelo Departamento de Combate de Zoonoses, que trabalha recolhendo cachorros de rua. Inconformado com a morte de seu cachorro, Nenê acredita que a culpa foi de Santana (Babu Santana), funcionário do departamento, e passa a planejar vingança. A partir disso, se inicia uma série de acontecimentos que vão mudar a vida de ambos de cabeça para baixo. No Grande Prêmio do Cinema Brasileiro, o filme concorreu em três categorias: Melhor Ator para Lázaro Ramos, Melhor Atriz para Adriana Esteves, que tem uma intensa presença em cena como a esposa evangélica, e Trilha Sonora.

 

Os Meyrowitz: Família Não se Escolhe (2017)

@The Meyerowitz Stories

Apesar de Adam Sandler e Ben Stiller protagonizarem esse filme, não se trata de uma comédia pastelão. É uma comédia dramática sofisticada, ainda que acessível, do diretor Noah Baumbach, dos sucessos indies “Frances Ha” e “A Lula e A Baleia”. A trama gira em torno de uma família disfuncional. A partir da doença do pai interpretado por Dustin Hoffman, a família é obrigada a conviver mais e rever problemas do passado. O destaque vai para as ótimas atuações de todo o elenco, que conta ainda com Emma Thompson e Adam Driver.

 

Foxcatcher – Uma História que Chocou o Mundo (2014)

@Foxcatcher

Para quem gosta de um drama psicológico denso, “Foxcatcher” é um prato cheio. Conta a história real do milionário John Du Pont (um irreconhecível Steve Carell) que resolve chamar o campeão olímpico de luta greco-romana, Mark Schultz (Channing Tatum), para mudar-se para sua mansão e o ajudar a formar uma equipe para as Olimpíadas de 1988. Se você não sabe nada sobre essa história, melhor ainda, permita se chocar com essa história surreal de desentendimento, rancor, sentimentos não ditos e loucura. Tanto Carell quanto Tatum estão nas melhores atuações de suas carreiras e o elenco ainda conta com o sempre ótimo Mark Ruffalo, como o treinador, e uma participação especial da grande Vanessa Redgrave, como a matriarca dos Du Pont. Além de ter vencido o prêmio de Melhor Direção no festival de Cannes, o longa concorreu a 5 Oscar, incluindo Melhor Direção e Ator (Carell).

 

Pegando Fogo (2015)

@Pegando Fogo

Para quem gosta de um filme do mundo da culinária, esse aqui gira em torno de um chefe que perdeu tudo após abusar de drogas, álcool e comportamento explosivo. Recuperado dos vícios, ele tenta reconstruir sua carreira e tudo se ilumina quando seu antigo maître o contrata para ser o chefe de seu restaurante. O elenco conta com Uma Thurman, Alicia Vikander, de “A Garota Dinamarquesa”, e o astro francês Omar Sy, do megassucesso “Intocáveis”, mas o destaque é mesmo Bradley Cooper num tour de force no papel principal como esse chefe conflituoso, mas extremamente talentoso.

 

Até o Último Homem (2017)

@Até o Último Homem

Mel Gibson voltou a fazer sucesso como diretor com esse filme de guerra. Mesmo quem não é fã do gênero pode se interessar e se emocionar com a história real do pacifista que foi para a Segunda Guerra Mundial como soldado, mas se recusou pegar em armas. Por lá, salvou a vida de centenas de homens em campo, incluindo, de países rivais. O filme concorreu a 6 Oscar, incluindo Melhor Filme, Direção e Ator (Andrew Garfield), vencendo Melhor Edição e Mixagem de Som.     

 

Entre Idas e Vindas (2016)

@Entre Idas e Vindas

Nessa simpática comédia romântica, Ingrid Guimarães se junta a Alice Braga e Carolina Abras numa viagem de carro para esquecerem as recentes desilusões amorosas. No caminho, claro, muitos imprevistos, maus entendidos e um novo pretendente surgindo de paraquedas no caminho (interpretado por Fábio Assunção).

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: