Dark Matter: Primeiras Impressões

Neildo Araujo

 

O canal SyFy trás uma nova aposta nessa summer season. Com sucessos moderados desde a estreia de Defiance, em 2013, Dark Matter poderia ser o novo hit do canal.

A história segue quatro homens e duas mulheres que acordam a bordo de uma nave espacial sem qualquer lembrança sobre quem são ou como chegaram ali ou porque estão ali. A nave pousa em uma colônia mineradora, onde os moradores estão amedrontados com a iminente chegada de mercenários enviados ao local para exterminá-los, a mando de uma corporação que deseja tomar o controle do planeta. Nesse meio tempo eles tentam desvendar seus segredos e as descobertas pelo caminho podem mudar os rumos das suas vidas.

A série estreou em 12 de junho, indo até 28 de agosto, quando encerrará sua temporada inicial de 13 episódios. Ainda não há informações sobre renovação ou cancelamento. Porém, acredito em uma renovação, já que os números da série tem se mantido desde sua estreia, estando sempre na média do canal.

O que eu achei: A série tem uma premissa até interessante, ainda mais por usar e abusar da tecnologia em sua história. Porém, talvez, o grande problema seja a má execução do roteiro e as toneladas de clichês apresentados. A falta de sincronia do elenco é visível, sendo que destaco apenas a presença de Zoie Palmer (Lost Gril), como o Androide, e Jodelle Ferland (A Saga Crepúsculo), como Cinco/Das. Em relação ao roteiro, a série parece tão perdida como os desmemoriados do elenco, sem um alvo ou foco no enredo. Mesmo se renovada, não acredito que passe disso. Se os roteiristas não derem uma guinada nessa história, dificilmente a série terá vida longa. Assistirei até o fim da temporada na esperança de que algo melhore.

 

———————————————————————————————————————–

NEILDO ARAÚJO
NEILDO ARAÚJO

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: