Crítica: Rua Secreta (2015)

Por Alysson Melo

 

Li Qiuming (Yulai Lu) é um jovem estagiário em uma empresa de engenharia digital, onde o seu trabalho é fazer um mapeamento das ruas da cidade e manter o sistema de mapeamento sempre atualizado. Isso percorre por seu tempo livre, e para ganhar um dinheiro a mais, ele ajuda clientes, instalando câmeras em locais públicos, até que um certo dia, ele encontra a linda e misteriosa GuanLifen (Wenchao He), em um beco escuro e totalmente isolado. Logo Li se vê atraído por ela, então ele fica obcecado em reencontrá-la. Até que ele descobre que o tal beco onde a encontrou pela primeira vez não está registrado no seu sistema de mapeamento. Ele então resolve fazer uma investigação por conta própria, nisso que acarretará muitas consequências que Li não está preparado para encarar.

A diretora Vivian Qufaz faz sua estreia na direção e fez uma direção morna e sem muitos aprofundamentos, talvez por conta do roteiro não ser muito bom, isso tenha pesado em sua direção que por vezes se torna meio descontrolada e depois retorna aos eixos e isso vai percorrendo por todo o longa. Por ser seu primeiro longa como diretora talvez ainda esteja no aprendizado para nos trazer uma direção mais madura e forte.

Shuiyin-Jie-1

O protagonista YulaiLu  possui uma boa carga dramática em cena e conseguiu construir muito bem o seu personagem que é um cara sensível, romântico e contido e suas cenas são bem legais de se assistir, assim como a química dele com o do seu par romântico no longa Wenchao He foi bem feita e executada de forma que criamos uma empatia e torcida pelos personagens, o envolvimento dos dois é de forma bem cautelosa e misteriosa o que dá um novo rumo ao longa.

Após um tempo do filme a história dá um novo rumo sai do romance e vai para área criminal onde o protagonista Li é capturado por uma sociedade secreta onde acham que ele é um espião e que terá de provar que não roubou informações confidenciais deles, o que se sobressai disso é vários momentos de interrogatório e discussões o que vai tornando o filme cada vez menos interessante devido a abordagem feita.

trap_street

O maior problema aqui está no roteiro que se mostra uma coisa e de repente tudo muda e toma um novo rumo inesperado, mas não no bom sentido, a sucessão de explicações, interrogatórios, perguntas e mais perguntas e com poucas respostas para o expectador que fica sem entender muito bem o que está se passando, o que poderia ter sido bem mais intenso e perturbador na onda de investigações sobre o furto e atentado a vigilância secreta e se tornou chato de se acompanhar e você fica logo na torcida para que a história logo se acabe, e o longa caminha para o seu final que é onde finalmente obtemos respostas mas termina tudo de forma muito bruta e sem uma boa conclusão.

Rua Secreta possui bons momentos onde temos bonitas paisagens e locações assim como sua bela fotografia e as cenas do casal são muito bonitas e legais de se assistir, mas a narrativa não conquistou e nem me cativou, o trailer e sinopse tinham muito potencial quando assisti a primeira vez mas o roteiro ruim e falho infelizmente foi por água abaixo, dou meus parabéns pelos produtores Chineses pela iniciativa em trazer uma história diferente das quais estamos acostumados a assistir. Aqui o roteiro mescla com drama, romance criminal, talvez se o longa tivesse focado numa só abordagem o resultado poderia ter sido bem melhor.

ALYSSON MELO
ALYSSON MELO

 

Nota: 5/10

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: