‘UM PEQUENO FAVOR(2018)’ – MUITO LUXO, BELEZA E GLAMOUR PRA UM MÉDIO FILME

Por: Vinicius Montano

Baseado no best seller de Darcy Bell, chega as telonas o drama de suspense ‘Um Pequeno Favor’. Dirigido por Paul Feig, diretor de várias comédias voltadas para mulheres como ‘Missão Madrinha em Casamento’, ‘As Bem-Armadas’, ‘A Espiã Que Sabia de Menos’ e ‘Caça-Fantasmas’, o filme conta no elenco as atrizes Anna Kendrick e Blake Lively nos papéis principais e trazendo o resto do elenco como Henry Golding, astro que está fazendo sucesso com a comédia romântica asiática ‘Podres de Ricos’, vem sendo sucesso recente de bilheteria nos EUA e no Brasil estréia em outubro, Linda Cardellini, Jean Smart, Rupert Friend e Eric Johnson.

A história fala sobre Stephanie (Anna Kendrick) é uma jovem mãe que divide o tempo entre a criação do filho e o trabalho como vlogueira. Quando sua melhor amiga Emily (Blake Lively) desaparece, ela parte em uma jornada para descobrir a verdade por trás do ocorrido.

@Divulgação: Paris Filmes

Do lado sombrio do diretor Paul Feig, esperava que fosse pra mim a inovação do diretor de um gênero popularmente conhecido para um suspense mais sério e pesado, já que a censura 16 anos tá aí pra provar. Mas não foi isso que eu esperava. A cena de abertura é até muito boa, tem um plano de fundo com cardápio que parecia que você ia nos cinemas pra assistir o filme numa sala vip com aquele cardápio bistrô diferente do cinema padrão, mas a proposta do filme é promissora,  tem sua apresentação dos personagens de cada um deles, acontece o desaparecimento, a busca das pistas, até vai indo muito bem a trama e quando chega na revelação surpresa até o final, torna-se um tom de novela mexicana bem amadora com diálogos apáticos que soam forçado e piadas sem sentido nenhum, no inicio tinha algumas que até davam pra rolar.

As atuações salvam bem o filme em si. Anna Kendrick como a jovem vlogueira Stephanie, podemos entregar a melhor personagem desse filme, carrega tudo pelas costas e dá um show. Blake Lively como a Emily, tem uma atuação boa, uma caracterização de figurino impecável, mas tem certos momentos do meio pro final do filme que ela se perde completamente no papel. Henry Golding como o marido da Emily, até que gostei do papel dele, convence de fato. Já Rupert Friend como Dennis Nylon tem uma caracterização que nem Ken da Barbie, tem um papel exemplar. Já Eric Johnson aparece pouco em flashbacks, num papel que não vou soltar spoilers.

@Divulgação: Paris Filmes

Com uma fotografia exuberante, trilha sonora em tons francês interessante, ‘Um Pequeno Favor’ esperei muito pra ser um baita filme a nível de ‘Garota Exemplar’, mas o filme tem muito luxo, beleza e glamour para um filme meia boca que exagera no tom de comédia ao invés de ser um suspense sério com uma novela das 9 da Globo que funcione e não uma novela mexicana  em certos momentos amadora.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: