‘TULLY(2018)’ – JASON REITMAN INOVA NO ENREDO DE GRAVIDEZ DESSA VEZ NA MEIA-IDADE

Por: Vinicius Montano

Do diretor Jason Reitman e a vencedora do Oscar 2008 de melhor roteiro original por ‘Juno’ Diablo Cody faz a sua terceira parceria agora em ‘Tully’. E traz no elenco principal Charlize Theron com quem teve na parceria anterior do diretor e a roteirista em ‘Jovens Adultos’ em 2011. No elenco temos Mackenzie Davis(‘Blade Runner 2049’), Ron Livingston(‘Invocação do Mal’) e Mark Duplass(‘A Hora Mais Escura’)

Marlo (Charlize Theron), mãe de três filhos, sendo um deles um recém-nascido, vive uma vida muito atarefada, e, certo dia, ganha de presente de seu irmão uma babá para cuidar das crianças durante a noite. Antes um pouco hesitante, Marlo acaba se surpreendendo com Tully (Mackenzie Davis).

@Divulgação Diamond Films Brasil

Se em Juno o diretor Jason Reitman aprofundou sobre a gravidez na adolescência, nesse filme ele aprofunda a gravidez da meia-idade, já que ela tem dois filhos e um terceiro recém-nascido, mas só que um dos filhos sofre de problemas mentais, o que achei essa parte do drama familiar mal explorada. A fotografia é fantástica, uma paleta de cores interessante mostrando o dia a dia de uma mãe cuidando de um filho, como fazer café da manhã, dar banho, levar para a escola, fazer as tarefas do dia a dia e por aí vai.

O roteiro escrito por Diablo Cody é bem escrito, bem agradável, cativa, as vezes vc até ri e se emociona por ele. A trilha sonora é muito boa, vc curte alguns momentos do filme e o momento que ela é usada.

@Divulgação Diamond Films Brasil

 

Vamos falar das atuações em geral. Charlize Theron como a mulher grávida pela 3ª vez, achei o papel dela maduro, teve segurança, teve carisma, teve diálogos interessantes, uns diálogos que fazem você rir e se emocionar. A Mackenzie Davis que faz a babá noturna ‘Tully’ que dá o título do longa, entrega um papel de babá noturna carismática, simpática, tem ótima quimica em cena com a personagem de Charlize Theron, se pudermos notar ela não tem tanto destaque em cena como a personagem Marlo. Já Ron Livingston como o marido de Marlo numa atuação apenas ok e Mark Duplass como o irmão de Marlo que presenteia uma babá para ela, aparece pouco, mas acrescenta alguma importância na trama.

‘Tully’ é o drama que você ri, emociona e o filme que aprofundamente o enredo gravidez já que foi aprofundado em 11 anos em ‘Juno’, mas nesse filme não erra feio não, vale a pena mesmo assistir no cinema, pois é muito bom.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: