CREED 2 (2019): Traz combinação de nostalgia, vingança e transformação de Adonis.

Por Larissa Figueiredo

 

O filme retorna com a história de Adonis Creed (Michael B.Jordan) com uma carreira estabilizada e cheia de vitórias após sua derrota para Ricky Conlan (Tony Bellew), entretanto com muitos desafios, mas com um primordial, o lutador terá que enfrentar Viktor o filho de Ivan Drago (Dolph Lundgren) assassino de seu pai.

O diretor Steven Caple Jr traz um enredo atraente juntamente com o roteiro de Ryan Coogler, Cheo Hodari Coker e Sylvester Stallone criando uma expectativa / vingança em relação a luta de Creed x Drago, a volta de Rocky e Ivan nos ringues, dessa vez, como treinadores dos seus respectivos boxeadores ( já podemos captar algumas referências do filme Rocky IV), o crescimento pessoal e o drama do personagem principal construindo uma família em meio os turbilhões da profissão, e quando Balboa pela primeira vez se recusa a apoiar a decisão de Adonis de aceitar a disputa com Viktor devido às eventualidades do passado causando uma tensa discussão entre eles.

@Divulgacao Warner Bros

No elenco destacam-se: Tessa Thompson (Bianca) que fez a Valkyrie de Thor Ragnarok, mostrando seu talento pra cantar e abrilhantando nas cenas; Michael B. Jordan (Adonis), intérprete de Erik Killmonger em Pantera Negra, apresentando o desenvolvimento interpessoal e intrapessoal do protagonista; o novato Florian Munteanu (Viktor Drago) sendo um ex-profissional das artes marciais chegando nas telonas para dar vida a um lutador com problemas de uma criação rígida com um pai fracassado e uma mãe ausente e a volta de Sylvester Stallone, Dolph Lundgren e Brigitte Nielsen (Ludmilla Drago) marcando presença com os seus antigos papéis da trama .

Resumindo num todo o filme é bom, a fotografia de Kramer Morgenthau está notável, novamente a excelente trilha sonora de Ludwig Göransson e com a companhia de alguns nomes da música contemporânea internacional, entre eles: Kendrick Lamar, Pharrell Williams, Bon Iver, Lil Wayne, Nicki Minaj e outros.

Com toda a certeza vale adquirir o ingresso para assistir a continuação de um dos clássicos do cinema

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: