TOP 10 FILMES DIA DOS PAIS

Lista – 10 Filmes para o Dia dos Pais

O Dia dos Pais se aproxima nesse próximo domingo (12 de abril) e, dessa vez, o Cine com Pipoca destaca filmes que fogem do estilo tradicional ao buscar obras que abordem relações das mais diversas entre pais e filhos, ou seja, filmes não tão associados ao tema que se pensa em “Dia dos Pais”, mas que expressam a pluralidade das famílias Brasil a fora.

10 – Mais Forte que o Mundo (2016)

@Divulgação Mais Forte Que o Mundo

A história de José Aldo chegou aos cinemas pela mão do experiente Afonso Poyart, que já gravou até filme com Anthony Hopkins (“Presságios de Um Crime”) e aqui realiza um vigoroso trabalho na recriação de como o famoso lutador de MMA se tornou o que é. Um dos aspectos que mais chamam atenção do filme é a relação conflituosa dele com seu pai, muito bem interpretado por Jackson Antunes.

9 – Um Limite Entre Nós (2016)

@Divulgação Um Limite Entre Nós

A premiada peça de August Wilson chegou as telonas pelas mãos de Denzel Washington, que dirige e estrela o filme. Além das atuações dele e de Viola Davis, que venceu o Oscar pelo papel, se destaca a conturbada relação de Troy (Denzel) com seus filhos nesse retratocontundente de uma família negra nos Estados Unidos.

8 – Big Jato (2015)

@Divulgacao Big Jato

Baseado no livro homônimo e autobiográfico de Xico Sá, Cláudio Assis levou para as telonas a vida do jornalista e escritor quando criança. Matheus Nachtergaele interpreta dois irmãos gêmeos que são o pai e o tio do jovem protagonista (Rafael Nicácio). Eles funcionam como influências diversas para a formação artística e intelectual formando relações nem sempre fáceis com o filho.

7 – O Ultimo Cine-Drive-in (2014)

@Divulgacao O Último Cine Drive-in

Na trama, Marlon (Breno Nina) retorna a sua cidade natal com sua mãe adoecida (Rita Assemany) e reencontra seu pai, Almeida (Othon Bastos), e o cinema drive-in onde passou sua infância. Ele tenta cuidar da mãe enquanto tenta se reaproximar de seu pai. Um drama envolvente sem ser apelativo.

 

6 – Steve Jobs (2015)

@Divulgação Steve Jobs

O recorte feito da vida do conhecido e problemático empresário fundador da Apple se centra em três lançamentos de produtos marcantes de sua empresa. Entre os altos e baixos de sua vida empresarial, ele tem que lidar com sua filha, que permaneceu com uma relação distante e conflituosa até o fim de sua vida.

5O Filho (2001)

@Divulgação O Filho

Os cineastas belgas fizeram um retrato terno e comovente de um assunto delicado. No longa, um menor infratoraprendiz de carpinteiro não imagina que seu mestre é pai de um jovem que havia assassinado no passado. A relação que o chefe cria com o jovem infrator é comovente e flerta com o paternal. No fim das contas, o filme aborda de forma intensa a dor de pais no luto.

4O Filho Eterno (2016)

@Divulgação O Filho Eterno

Baseado no livro homônimo de Cristóvão Tezza, o filme aborda com franqueza a relação de um pai com seu filho que tem síndrome de down. Ele não aceita seu filho, mas se esforça para tentar ama-lo. Marcos Veras, conhecido por seus papéis cômicos, surpreende no papel principal e o elenco ainda conta com uma ótima participação de Deborah Falabella.

3Sentimentos que Curam (2014)

@Divulgação Sentimentos que Curam

A diretora Maya Forbes fez o filme em homenagem a seu pai, que tem transtorno bipolar. A performance de Mark Rufallo no papel principal é de uma ternura e complexidade notável e mostra as dificuldades de uma pessoa que passa por essa situação. O filme destaca, em especial, a bonita relação dele com as filhas.

2O Leão no Inverno (1968)

@Divulgação O Leão no Inverno

Baseado em fatos, o filme conta a história do Rei Henrique II, da Inglaterra, quando ele convocou umareunião com seus três filhos e a mulher para decidir quem será o próximo rei. O filme revela com muita acidez as relações deturbadas da família real. O elenco conta com Katherine Hepburn, Peter O’toole e Anthony Hopkins.  

1 – O Filho de Saul (2015)

@Divulgação O Filho de Saul

Durante a segunda guerra mundial, um judeu é obrigado a trabalhar para os nazistas em um campo de concentração. Ele acaba achando um corpo de uma criança que ele tem certeza que é seu filho e passa a ficar obcecado em dar um enterro digno para ele. Um filme impactante que consegue com extrema imersão te colocar dentro do caos dos conflitos dos campos da Segunda Guerra, além de ser um retrato de até onde alguém vai por instinto paterno.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: