TEMPESTADE – PLANETA EM FÚRIA(2017) : “FÚRIA EQUIVOCADA DA NATUREZA”

Por Vinicius Montano

 

Aqueles que gostam de tema catástrofe, o roteirista de Independence Day Dean Devlin, dirige agora ‘Tempestade: Planeta em Fúria’, nova produção da Warner Bros com a produtora Skydance que chega as telonas. A aventura catástrofe misturando ficção científica, aventura e até ação nos moldes de ‘O Ataque’, dirigido pelo mestre Roland Emmerich. E essa mistura deu completamente errado.

A trama conta a história de um engenheiro de satélites (Butler) que precisa unir-se ao seu irmão (Jim Sturgess) para salvar o mundo de uma tempestade de proporções épicas. Ao mesmo tempo, o irmão do protagonista descobre uma conspiração para assassinar o presidente dos EUA (Andy Garcia).

@Warner Bros

O roteiro desse filme é tão horrível que parece que quem escreveu isso foi uma criança de 6 anos. História totalmente genérica sem nenhum conteúdo, núcleo absurdo que nós temos um protagonista que ninguém acredita no projeto de um satélite Dutch Boy, que não se dá bem com o irmão, o irmão do protagonista vive entre tapas e beijos com uma agente do governo, o desenrolar da narrativa com situações patéticas e efeitos especiais bizarros que parece que foram feitos para um filme direto em Home vídeo.

No elenco temos um time de estrelas em completo temporal de vergonhas alheias. Gerard Butler parece que tá pegando jeito para se tornar um novo Nicolas Cage protagonizando filmes medíocres como ano passado no blockbuster vergonhoso ‘Deuses do Egito’. O sumido Jim Strurgess conhecido pelos papeis principais em ‘Quebrando a Banca’ e ‘Um Dia’ numa atuação muito, mas muito ruim. Abbie Cornish de ‘Sem Limites’ como a guarda costas do presidente dos EUA totalmente caricata em cena. Ed Harris visto recentemente no sucesso ‘Mãe’ em cartaz em alguns cinemas parece que tá devendo favores para Hollywood e Andy Garcia num papel totalmente descartável.

Tempestade: Planeta em Fúria, é um temporal de proporções naturais que vai até o fundo do poço. Com cortes tolos em algumas cenas como a falsa cidade do Rio de Janeiro na qual uma onda devastadora congela todo mundo, na qual é de rir de vergonha alheia, numa trilha sonora mequetrefe, te dá aquela sensação de um filme catástrofe filme B misturado com conspiração pra matar o presidente dos EUA, numa trama completamente ineficaz e sem sentido.


FICHA TÉCNICA:

Título Original: Geostorm
Estréia: 19 de outubro de 2017 (1h 49min)
Direção: Dean Devlin
Elenco: Gerard Butler, Jim Sturgess, Abbie Cornish mais
Gêneros: Ficção científica, Ação
Nacionalidade: EUA
Distribuição:  Warner Bros
Sinopse: Depois de uma série de desastres naturais sem precedentes ameaçar o planeta, os líderes mundiais se unem para criar uma rede complexa de satélites para controlar o clima mundial e manter todos em segurança. Porém, agora, algo deu errado – o sistema criado para proteger a Terra passou a atacá-la, dando início a uma corrida contra o tempo para descobrir a verdadeira ameaça, antes que uma tempestade de proporções globais devaste tudo… e todos em seu caminho.
—————————————————————————————————————————————-

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: