Reza a Lenda

Por Rafael Mayrink

Conhecido como o “Mad Max brasileiro”, é um filme sobre a busca da fé perdida e da esperança de um povo esquecido.

Reza2

Dirigido pelo Homero Olivetto o filme conta a história de Ara (Cauã Reymond), liderando uma gangue de motoqueiro em busca da salvação para sua terra devastada pela seca, e enfrentando Tenório (Humberto Martins), um homem sem piedade capaz de tudo para conseguir o que ele acredita que o pertence.

O elenco muito competente. Raymond esta bem como um cara amargurado e de poucas palavras, ele consegue mostrar sua determinação e o quanto já sofreu por algumas escolhas, Luisa Arraes interpreta Laura, a personagem mais fraca, ela esta ali apenas para ser o triangulo amoroso se tornando a donzela em perigo, Sophie Charlotte, interpreta Severina, e assim como Ara é bastante determinada e de poucas palavras, demonstra força e ao mesmo tempo é uma pessoa apaixonada e faria de tudo pelo seu amado, Humberto Martins, tem bons momentos, mas ele não tem uma motivação para que se possa justificar suas escolhas e seus atos.

Reza-a-Lenda-Humberto-Martins

O roteiro consegue contar uma história simples de forma eficaz, mas os personagens estereotipados, fizeram da história um pouco cansativa e construído no clichês. A fotografia é bela, com muito planos abertos e nos momentos que os personagens estão em cima da moto mostrando que é uma terra sem vida, mas uma paisagem exótica. A trilha sonora de ótima qualidade dando, em vários momentos, emoção a cena.

Reza3

Com subtramas bem fechadas e um elenco de apoio dedicado, contem uma mensagem muito forte, e pelo tom religioso surpreendente, o que pode desagradar algumas pessoas, mas não tira o mérito de um bom filme e que merece uma chance de ser assistido.

—————————————————————————————————-

Rafael Mayrink         Nota: 7/10

Rafael Mayrink

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: