PETS – A VIDA SECRETA DOS BICHOS (2016): EMOCIONA E TOCA NO CORAÇÃO

Por João Paulo Rodrigues da Silva

IlluminationEntertainment carrega em Pets – A Vida Secreta dos Bichos um fardo bastante pesado: provar para si mesmo que não vive na sombra dos minions. A produção que saiu esse ano ao invés de ter personagens amarelos que falam uma língua extremadamente ridícula, o filme toma foco em uma pergunta que já foi feita faz alguns anos, mas mesmo assim, o modo como responde o transforma por um lado, único por sinal: O que fazem os bichos quando seus donos não estão por perto.

Na trama, Max (Louis C.K.) vive o que se pode dizer: uma vida boa para cachorro. Amado por Katie (EllieKemper) e por seus vizinhos, Max sempre tem em conta do amor que sua dona tem por ele. Entretanto, a vida de Max muda quando Katie chega em casa com Duke (Eric Stonestreet), o ciúme de Max faz com que tanto ele quanto Duke se perdem em Nova York e resta aos seus amigos estarem prontos para o resgate.

In this image released by Universal Pictures, Gidget, voiced by Jenny Slate, left, and Max, voiced by Louis C.K., appear in a scene from, "The Secret Lives of Pets." (Illumination Entertainment and Universal Pictures via AP)

Sim, quase todas as criticas relacionadas ao filme vão tocar na mesma tecla e talvez com razão: o filme tem um que de ToyStory. Mas as semelhanças somente são compartidas no aspecto narrativo. Entretanto, conforme que a trama avança, as semelhanças desaparecem e o filme encontra seu tom com grandes piadas, personagens carismáticos e acima de tudo, um ritmo agradável que aponta diretamente ao público infantil.

Outro ponto importante e talvez o mais difícil da trama é a tentativa quase que explicita de não ficar a todo tempo remetendo aos Minions, e até por um ponto consegue isso com o milagre de apenas ter colocado a música Happy em bem rápido. Mesmo não conseguindo a bilheteria assustadora que foi o filme anterior da produtora, conseguiu ao menos uma boa aprovação dos críticos e uma sólida bilheteria.

secretlifeofpets_clip_accidentmidlaugh

Pets – A Vida Secreta dos Bichos consegue acertar dois tipos de alvos diferentes: as crianças que gostam não somente de coisas fofinhas pulando na terra e (talvez o mais importante) aos amantes de animais que sabem valorar o carinho que se tem por eles. Mesmo com um ano extremadamente interessante para as animações, ao menos Pets não se preocupa em alcançar voos mais altos, mas de tocar no coração com uma ideia que já foi cantada várias vezes, mas com seu próprio tom e emoção.


11221708_10204665636190567_7099419575080764269_n-300x300

Nota: 8/10

João Paulo Rodrigues da Silva

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: