ORANGE IS THE NEW BLACK – QUARTA TEMPORADA

Por Allyson Ramos Camara

Orange Is the New Black é uma comédia dramática transmitida pela Netflix na qual teve sua primeira temporada disponível no dia 11 de Junho de 2013 que logo se tornou umas das séries mais amadas da atualidade. Com personagens singulares, tramas fabulosamente construídas, humor negro e feminismo sem as futilidades que até então retratavam as mulheres, marcou a história da representatividade feminina neste meio de comunicação. Afinal, não poderia se esperar menos de uma série produzida por Jenji Kohan, que esteve envolvias em produções de sucesso como Sex and the City, Gilmore Girls e Will & Grace. “Orange” chega a sua quarta temporada em sua melhor performance até hoje. A seguir temos alguns tópicos que provam essa afirmação.

ATENÇÃO: possíveis spoilers das temporadas anteriores.

Superlotação e novas detentas.

Superlotacao

Após as mudanças na administração do presídio feita na terceira temporada, uma grande quantidade de novas detentas chegam a Litchfield. Logo as mais antigas e as novatas entram em confronto, que resultam em brigas e disputas por espaço, alimentos, e até hora do banho. Destaques para as recém-chegadas Stephanie Hapakuka (Jolene Purdy) e Judy King (Blair Brown).

Novos guardas.

Novos guardas

Posterior a suposta fuga em massa da prisão, novos guardas liderados por Desi Piscatella (Brad William Henke) são mandados para resolverem a situação e se instalam definitivamente. Substituindo um grande efetivo de guardas antigos, enfrentamentos entre novados liderados por Piscatella e veteranos por Joe Caputo (Nick Sandow) é eminente.

Facções e gangues.

facçoes e guagues

Com a superlotação e conflitos e não demorou muito para que divisões que já existentes tomassem proporções perversas, grupos de latinas, dominicanas, brancas, negras, etc. Entram em uma rivalidade extrema, tornando o clima da prisão insustentável e hostil.

Detentas Vs Guardas.

Guardas vs detentas

Durante os anos a relação entre os guardas e as detentas foram pacificas na medida do possível, mas com a chegada dos novos vigias e seus meios mais enérgicos um antagonismo entre os dois evolui ao longo de cada episódio.

Piper conhece o verdadeiro perigo da prisão.

Piper conhece a prisão

Depois mandar Stella (Ruby Rose) para a detenção máxima e faturar com seu contrabando de calcinhas usadas, Piper (Taylor Schilling) se tornou a nova “dona do pedaço” na penitenciária. Porém seu esquema esta arruinado após uma das detentas decide fazer concorrência, a dominicana Maria Ruiz (Jessica Pimentel).

Drama e violência.Drama e violencia

A carga dramática dessa temporada está em um patamar nunca explorado na série, além do drama da Piper acompanhamos os de outras personagens, como da Alex Vouse (Laura Prepon), Lolly Whitehill (Lori Petty) e Sam Healy (Michael Harney). Cenas que fazem chorar e dar aquela saldo do sofá não faltam. A violência se torna notária, quase todos os episódios haverá agressões físicas.

Alivio cômico na medida certa.

Alivio comico

Algumas personagens ficaram com a parte comédia que renderam boas risadas, além das negras que sempre são engraçadas, ressaltam-se Lorna Morello (Yael Stone) e Suzanne Warren (Uzo Aduba) na tentativa de descobrir qual das detentas defecam no chuveiro e as mordomias de Judy King e a sua relação com Joel Luschek (Matt Peters).

Temporada das latinas.

Temporada das latinas

A maioria das novas presidiárias são latinas, o que torna a comunidade muito maior do que qualquer outra, expondo em breve suas ambições. Além disso, também conhecemos de fato algumas que já existiam na trama, porém nunca tiveram relevância. Entre elas destacam-se: Maritza Ramos (Diane Guerrero), Blanca Flores (Laura Gómes), Aleida Diaz (Elizabeth Rodriguez) e Maria Ruiz (Jessica Pimentel).

Flashbacks.

flashback

Desde o primeiro episódio os flasbacks é um recurso utilizado para mostrar como algumas das detentas foram presas, contudo nessa temporada são usados no meio da trama. Entendemos melhor as motivações das personagens já explorada e de outras que até então não sabíamos absolutamente nada.


13239258_1104944349543756_8598734180289348173_n

Allyson Ramos Camara

1 thought on “ORANGE IS THE NEW BLACK – QUARTA TEMPORADA

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: