‘O HOMEM DAS CAVERNAS(2018)’ – ANIMAÇÃO ATÉ ENCANTA, MAS PECA MUITO NA PREGUIÇA DO ROTEIRO

De Vinicius Montano

Do mesmo criador vencedor do Oscar Nick Park, o mesmo que dirigiu A Fuga e as Galinhas, Wallace & Gromit e Shaun: O Carneiro, chega nas telonas mais uma animação da Aardman, produtora deles. Em ‘O Homem das Cavernas’, tem no elenco de vozes temos Eddie Reymayne, Tom Hiddleston, Maisie Williams, Timothy Spall, Richard Ayoade, entre outros.

A história do longa fala que no tempo em que dinossauros e mamutes ainda corriam livremente pela Terra, Doug, um corajoso homem das cavernas, une sua tribo contra um inimigo poderoso da Idade do Bronze, que os expulsa do perfeito Vale em que vivem. Buscando vencê-lo para recuperar o lar, ele propõe uma ousada batalha entre quatro linhas: um inédito jogo de futebol!

@Divulgação Paris Filmes

A trama tenta apelar o público para todos os gostos, como fizeram em ‘A Fuga das Galinhas’, mas o roteiro carece muito de preguiça em cativar a história, tornando chata e previsível, tem algumas tiradas bem interessantes sobre a bola de futebol envolvendo a era das cavernas, como adicionaram a premissa como jogo de futebol e algumas piadas tenta trazer algum momento bom a trama.

Os personagens dessa animação até tem caracterizações interessantes. Dug, o homem das cavernas tem até uma inteligência boa em equipe, o Chief Bobnar tem até perseverança e interesse no seu papel. Lord Nooth o vilão da história, numa atuação genérica e caricata, o Hognob, o porquinho que até rouba bem a cena no filme e Goona que é dedo duro da idade do Bronze e ajuda a equipe das cavernas, num personagem que não tem muito a acrescentar.

‘O Homem das Cavernas’ é uma animação perdida no tempo e espaço, tem algumas tiradas boas e interessantes, mas com a direção duvidosa, não é um filme que vamos lembrar por muito tempo, e sim fácil de esquecer.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: