MARATONA: FILMES QUE MERECIAM UMA CONTINUAÇÃO

Por: Rafael Mayrink

Em uma época difícil para Hollywood, vários filmes tendo Remake, reboot e até continuações sem necessidade existe alguns que gostaríamos de ver um pouco mais e não fazem parte dos planos dos diretores ou produtoras. Nesta maratona vou listar alguns deste filmes que mereciam uma continuação.

Tropa de Elite

Este pode ser polêmico estar nesta lista. Mas é o tipo de filme que merecia ser fechado com uma trilogia. Um super-herói brasileiro que conseguiu fazer​ com que a população tivesse um pouco de esperança quanto ao sistema, mesmo que isso seja dentro da ficção. Nos dois longas temos Wagner Moura interpretando Capitão Nascimento, que no primeiro, Tropa de Elite 2007, era Capitão do BOPE e busca um substituto. Já no segundo filme,Tropa de Elite 2 – o Inimigo agora é outro 2010, Nascimento é um secretário de segurança esta lutando contra os podres dentro de um sistema que não tem inocentes. Dirigido pelo premiado José Padilha, estes dois entram fácil nas listas dos melhores filmes.

A Origem dos Guardiões (2012)

Imagine Papai Noel, Coelho da Páscoa, Fada do Dente e Sandman, este grupo de na verdade são guerreiros e protegem o mundo contra as forças do mal? E Para que isso continue acontecendo, é preciso que as crianças acredite neles. Pois é esta é a história deste filme, eles precisam da ajuda de um novo guardião, Jack Froster, para combater o bicho papão. Uma animação muito divertida e com boas cenas de ação. E além do mais uma grande lição de vida sobre a infância e o poder de acreditar.

Gigantes de Aço (2011)

Umas das grandes surpresas de 2011, Gigantes de aço tinha tudo para ser um filme clichê, e é, mas ele conseguiu ser muito mais do que isso. Com uma divertida história e um elenco de primeira, você se diverte e emociona em vários momentos. O longa se passa em um futuro não muito distante, quando o Boxe não é entre humanos e sim entre maquinas, Max (Dakota Goyo) um garoto de 11 anos encontra um robô e ganha fama quando entre na competição de rua, E ainda estão no elenco Hugh Jackman e Evangeline Lilly. Uma história bem contada e com ótimas cenas de luta e além de ser bem uma ótima diversão para se ver com a família,

Dreed (2012)

Este pode ser considerado como um “remake necessário”, quem assistiu a versão de 1995 estrelado pelo Sylvester Stallone, pode não ter achado ruim, mas não é o que era esperado para a história do Juiz. Com o lançamento de Dreed, protagonizado pelo Karl Urban, os fãs da HQ, na qual foi baseada, conseguiram ver o que gostariam. Na história Em futuro distante a polícia terá poder para agir como Juiz, Júri e Carrasco, um deste policiais, O juiz Dredd (Urban), cai em emboscada e precisará acabar sozinho com uma facção criminosa para conseguir sobreviver. Filme que não foi bem aceito pelo público no cinema, acredito que seja por causa da classificação de 18 anos, mas que se tornou um filme Cult com o lançamento em DVD/Blu-Ray. Para os amantes dos filmes de ação, este com certeza será uma ótima escolha.

Hancock (2008)

Will Smith interpreta Hancock, um super-herói que perdeu toda credibilidade por causa do modo como age e tenta solucionar os problemas, às vezes, causando mais problemas. Sem memória de quem é e de onde veio vaga pelas ruas bebendo sem destino. Quando um publicitário Ray Embrey (Jason Bateman) tenta ajudar a melhor sua imagem. Ainda tem no elenco a Charlize Theron, que esta sempre bem, até quando o roteiro não ajuda, é o que ocorre neste caso. Um bom passatempo para se divertir, não espere grandes atuações e nem uma história para mudar sua vida.

Before We Go (2015)

Uma comédia romântica dirigido e protagonizado pelo Cris Evans, uma história de amor bem dirigida que lembra, em vários aspectos, a trilogia Before do diretor Richard Linklater. Nesta versão temos Brooke (Alice Eve) uma mulher que está em Brooklin e após perder o trem para ir embora, não sabe para onde ir, até que conhece Nick (Evans) um trompetista que decide acompanha-la até a estação de ônibus. E enquanto vão caminhando começam uma adorável amizade. O filme todo é muito bom, os diálogos, a fotografia, o elenco faz com que tudo aconteça naturalmente. Se tornando uma grande surpresa principalmente por ser estreia do Cris como diretor. Uma boa escolha para assistir acompanhado.

Menção Honrosa:

Bússola de ouro e Eu sou o número 4 Dois livros que tiveram suas adaptações para o cinema, mas que por causa das criticas e do público não tiveram suas continuações. Identidade 10 Pessoas presas em um hotel, um delas é um assassino, e para piorar tudo acontece dentro da mente de um assassino que tem múltipla personalidade. Gostaria de ver outro filme com essa história. De repente Pai, Vince Vaughn descobre ter 533 filhos, no primeiro longa é mostrado a dificuldade de aceitar isso, gostaria de saber o que acontece depois da descoberta. Escola de Rock, saudades desta galera, um dos melhores filmes sobre bandas de fictícia que já vi, merecia ter uma nova apresentação.

Qual filme você gostaria de uma continuação? Não deixe de colocar sua lista nos comentários. Você poderá deixar ideias para as próximas maratonas.

Abraços


Rafael Mayrink

Um comentário em “MARATONA: FILMES QUE MERECIAM UMA CONTINUAÇÃO

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: