Maratona: Filmes de Animação Emocionantes

Por Paulo Ricardo

 

Bem-vindos a segunda semana de Maratona. Dessa vez preparei um seleção bem divertida de se assistir com seu filho, sobrinho, irmãozinho ou até mesmo para relembrar a infância.
Apesar do público alvo, animações nunca se trataram de um produto voltado apenas às crianças, até mesmo devido ao conteúdo as vezes mais elaborado. Além de boas risadas e grandes lições de moral, o foco dos filmes escolhidos para nossa sessão será o da sensibilidade transmitida pela ação dos personagens ou fatos ocorridos durante a história. Claro que a lista poderia ser bem mais extensa e muitos dos seus filmes favoritos podem ficar de fora, mas como foi dito antes, o espaço fica aberto para sugestões e opinião. Então vamos começar a choradeira, digo diversão?

 O Rei Leão
Simba-Timon-and-Pumba-The-Lion-King-1
Mais do que previsível começar pelo clássico não é mesmo? O Rei Leão com certeza marcou a infância de muita gente, principalmente das crianças da década de 90, e talvez hoje revendo a cena épica da morte do Rei Mufasa, você derrame mais lágrimas de comoção do que desde a última vez que assistiu quando moleque. Timão e Pumba garantem um alívio cômico e trazem a canção que se tornou o mantra para muitos adeptos (duvido que não cante junto: ‘Os seus problemas você deve esquecer…’), enquanto acompanhamos a jornada e crescimento do jovem Simba que se sentido culpado pela morte do pai, o grande rei leão da savana, decide retornar para casa e libertar seu povo da tirania do tio Scar, quem planejou o acidente e causou a morte do próprio irmão.

UP – Altas Aventuras
up-altas-aventuras-2
Sim, é a segunda vez que dedico um espaço a UP em minhas listas, mas vale muito ressaltar o valor sentimental despertado por essa singela animação. Ainda há uma certa hesitação se realmente trata-se de um filme para crianças, acredito que sim. Apesar de alguns momentos sacados apenas por alguém de mais vivencia, as aventuras de ‘Seu Fredricksen’ e Russel carregando a casa adornada por balões, traz novos questionamentos e lições para o universo infantil. Então não perca mais tempo, ‘a aventura está lá fora’!

WALL·E

Mas um na lista para ser apontado como ‘complexo demais para para um garotinho’. Realmente, talvez uma criança não consiga assimilar muito bem o que significa uma inteligência artificial, mas com certeza terá se identificado com a inocência e descoberta dos sentimentos compartilhada pelo robozinho que entulha
o lixo deixado pelos humanos no nosso planeta, essa alias é outra lição que os baixinhos provavelmente irão absorver, uma questão ambiental. Com ares de delicadeza, Wall-E na verdade é uma animação bem pretensiosa quando se trata de se diferenciar das demais, e assim como no filme, não é preciso dizer muito para convencer o espectador.

Procurando Nemo
procurando-nemo-22
Ainda vai ser uma longa espera até o lançamento de ‘Procurando Dory’ em junho do próximo ano, então que tal acompanhar mais uma vez as desventuras do nosso pequeno peixe-palhaço em busca do seu filho? Acompanhado da adorável e desmemoriada Dory, Marlin enfrenta diversos perigos pela imensidão do mar a fim de reencontrar o filho Nemo. A animação teve umas das maiores bilheterias da história para sua categoria, desbancando até a data de seu lançamento o reinado de Simba e cia.

Meu Amigo Totoro
totoroPara não dizer que sou tendencioso com as escolhas da lista, está uma animação japonesa, e olhem só, de Hayao Miyazaki (vou desconsiderar a parte em que foi relançado pela Disney). Esse é outro daqueles exemplos desenhos com uma carga dramática sutilizada, mas que comove de forma bem intensa. Impossível não se apaixonar por essas criaturinhas peculiares e únicas. Aqui você vai conhecer as irmãs Mei e Satsuki que desejavam fazer uma visita a mãe que se encontra doente e acabam por um infortúnio conhecendo um novo e valoroso amigo.

 

Tudo bem se as crianças não dormiram durante a sessão, você pode acrescentar a lista outro robozinho: “Astro Boy”, a versão de 2009 em computação gráfica baseado no trabalho original de Osamu Tezuka. Aqui o drama do jovem Astro é o de ser um robô criado a partir da imagem do falecido filho de um cientista. Pode somar também a última aventura de Woody e Buzz, “Toy Story 3”, um dos mais emocionantes da franquia. Das sempre comoventes animações de Tim Burton que tal a do cãozinho “Frankenweenie”? Assim que disponível para assistir em casa já pode procurar por “Divertida Mente” e “O Pequeno Príncipe” (esse o agente motivador da criação da lista dessa semana), que ainda se encontram em cartaz.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: