MARATONA: AVIAÇÃO NO CINEMA

Por: Rafael Mayrink

O Avião pode ser um meio de transporte rápido, tem sua seguranças. Alguns amam outros tem pavor, mas no cinema ele sempre foi sinônimo de diversão. Nesta Maratona vou listar alguns filmes que se passam dentro de aeronaves, e como é caso de uma animação é a história de uma delas. Agora apertem os cintos e vamos começar.

Sully: O Herói do Rio Hudson (2016)

Em uma emocionante e impressionante história baseada em fato, Clint Eastwood dirige um filme para aqueles que buscam mais do que diversão. Na história acompanhamos Chesley ‘Sully’ Sullenberger (Tom Hanks) que pousou um avião em pane sobre o Rio Hudson, salvando a vida dos 155 passageiros do voo US Airways 1549. Com ótimas atuações e um  efeito especial de primeira, o filme consegue ser mais do que uma história de um herói, mas sobre humildade e humanidade.

O aviador (2004)

Martin Scorsese dirige Leonardo DiCaprio nesta autobiografia de Howard Hughes, um milionário que usar sua fortuna em produções do cinema, decidi investir em uma das suas maiores paixões, a aviação. Aqui a dupla consegue, mais uma vez, um trabalho impecável em todos os aspectos, DiCaprio mostra que é um ótimo ator e versátil, enquanto Scorsese fazendo algo diferente de toda sua trajetória, até então, mas em um lugar confortável. Merecendo todos os prêmios que concorreu, e só injustiçado por causa do ator que foi esnobado. O aviador é um filme para quem ama cinema.

Voo noturno (2005)

Voo Noturno é o típico de filme que pode ser uma grata surpresa ou um decepção, dependendo do que você esta esperando quando começar assistir. Na história acompanhamos Lisa Reisert (Rachel McAdams) uma funcionária do hotel que precisa viajar do Texas para Miami, quando conhece o simpático Jackson Rippner (Cillian Murphy). O rapaz, no entanto, esconde um misterioso segredo que colocará em risco a vida dela e das pessoas a sua volta. Um trilher de ação, com boas atuações, a direção de Wes Craven também consegue ser eficiente na montagem, fazendo deste filme um ótimo passa tempo.

Força área um (1997)

Típico filmes de ação dos anos 90 que tem todos os clichês possíveis. Mas que não quer dizer seja ruim. Na história acompanhamos o presidente dos EUA James Marshall (Harrison Ford)  Depois de fazer um discurso em Moscou, prometendo nunca negociar com terroristas, embarca no Air Force One com a sua família e conselheiros. Quando um grupo de terroristas liderados por Ivan Korshunov (Gary Oldman) sequestra o voo, os princípios do Presidente são colocados à prova. Filme para assistir com a família em um dia de chuva, principalmente por causa da nostalgia de quem viveu essa era do cinema.

Aviões (2013)

Um projeto da Disney que era para ser lançado direto em DVD/Blu-Ray, mas que fez muito sucessos nos cinemas. Na trama, Dusty é um avião de uma cidade pequena que sonha em participar da mais épica corrida aérea, apesar de seu medo de altura. Com a ajuda e o apoio de sua frota, Dusty enfrenta os seus medos para encarar o desafio de sua vida. Um derivado de carros, até com a história parecida, mas que não tem o mesmo charme do seu antecessor, porém consegue divertir a garotada e aqueles que não buscam inovação.

 

Amor sem escala (2009)

Ryan Bingham (George Clooney) tem por função demitir pessoas sempre usa um terno e carrega uma maleta, viajando para diversos cantos do país. Até que seu chefe contrata a arrogante Natalie Keener (Anna Kendrick) que quer acabar com esse formato de trabalho, enquanto isso conhece Alex (Vera Farmiga), uma colega viajante, e descobre que a vida não vale pela viagem, mas as conexões que fazemos pelo caminho. Uma ótima comédia/romântica/dramática para quem gosta do estilo. Sem muitos clichês, e com atuações que convencem, ótimo filme para assistir acompanhado.

Apertem os cintos, o piloto sumiu (1980)

Se existe uma palavra para descrever este filme, ela com certeza hilário é o seu melhor adjetivo. O piloto Ted Striker (Robert Hays), ex-combatente de guerra, é forçado a assumir os controles de um avião quando a tripulação sucumbe à comida contaminada. Elaine (Julie Hagerty), sua namorada, tem de ser aeromoça e co-piloto. Juntos, eles vão tentar salvar os passageiros e terminar o voo com sucesso, mas existe um problema: ele é neurótico. Com momentos bem engraçados, um humor típico das paródias dos anos 80/90. É aquele tipo de filme que você se diverte até quando não entende a piada.

 

 

Menção Honrosa:

Hoje a menção honrosa esta recheada de filmes de qualidade também. Começando com O Voo (2012) que tem uma história instigante e com ótima atuação de Denzel Washington, Top Gun  filme que colocou Tom Cruise nos holofortes, enquanto Turbulência é um ótimo filme para quem quer desligar o cérebro, mas não pense muito. Sem escala Liam Neeson é mais uma vez Liam Neeson  que todos já conhecemos. Amor e Turbulência​​ essa comédia romântica francesa é uma ótima forma de passar tempo acompanhado e Top Gang merecia mais destaque, pois é a melhor sátira do cinema a muito tempo.

 

O que acharam? Faltou algum filme? Deixe nos comentários quais são seus favoritos. Caso queira pode sugerir um tema para a próxima maratona.

 —————————————————————————————————————————————

Rafael Mayrink

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: