HERANÇA DE SANGUE (2016): CLICHÊ COMPETENTE QUE DIVERTE.

Por Rafael Yagami

John Link vive em meio ao deserto na Califórnia onde seu trailer também serve como estúdio de tatuagem. Vivendo longe de drogas e violência, ele tem seu cotidiano afetado com a chegada de sua filha desaparecida que está jurada de morte por traficantes. Ele fará de tudo para protegê-la.

O francês Jean-François Richet, responsável por trabalhos como “Inimigo Público Nº 1, parte 1 e 2” aqui assume a direção em um trabalho funcional e operante, começando a produção com uma cena energética que desencadeia todas as consequências da trama. Muita agilidade e ação descrevem o filme, jogo de câmera interessante, trilha sonora pesada que combina perfeitamente com a ação e o tom empregado na produção.

blood-father

No roteiro que foi escrito pela dupla Peter Craig e Andrea Berloff, dentre seus trabalhos anteriores temos filmes como “Jogos Vorazes – Esperança parte 1 e 2” e “Atração Perigosa”. Aqui que temos o maior problema da produção, diálogos fracos, motivações fracas e trama rasa demais, é um trabalho clichê competente, porém novidades não fariam mal a ninguém.

Mel Gibson, aqui como o protagonista excelente como sempre, o ator trás mais energia, sagacidade e seriedade para a trama fraca, sua atuação atravessa as paginas do roteiro. Erin Moriarty teve uma participação no seriado da netflix “Jessica Jones”, entrega um trabalho competente na medida do possível. Diego Luna é um vilão ok, William H. Macy e Dale Dickey estão excelentes cada um em sua pequena participação e Thomas Mann aparece e some que não vale a pena nem comentar seu desempenho.

screen-shot-2016-07-08-at-1-52-04-pm

Blood Father no original é uma produção rápida com menos de 80 minutos de duração, porém muito bem balanceada com cenas de ação bem filmadas, momentos reflexivos e uma bonita mensagem no final, mesmo não sendo nem um pouco original, cumpre sua finalidade de entreter o publico até o final.


6tag_220516-203014

Nota: 7.5/10

Rafael Yagami

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: