Eldar Ryazanov, cineasta russo, falece aos seus 88 anos de idade

Por Lucas Ribeiro
Ele teve vários problemas de saúde nos últimos anos, incluindo um infarto. Famoso por comédias, diretor era um dos mais populares da Rússia.

Eldar Ryazanov, um dos diretores de cinema mais populares do período da União Soviética, responsável por várias comédias, morreu nesta segunda-feira (30), em Moscou, aos 88 anos, anunciou sua família.
“Meu avô morreu”, escreveu no Facebook Dmitri Troyanovski, neto do diretor. Ryazanov passou por problemas de saúde nos últimos anos, incluindo um infarto.
Diretor de filmes muito famosos nos anos 1960 e 1970, Ryazanov era um dos cineastas favoritos do país, que captou com humor os absurdos do período comunista.
Nascido em Samara, no sul do país, ganhou fama com “Noite de carnaval” (1956), uma comédia ao estilo dos musicais americanos que se tornou um grande sucesso no país.
A comédia mais conhecida de Ryazanov é “Ironia do destino”, no qual um homem acorda na noite de Ano Novo em outra cidade, na casa de outra uma mulher. Era uma piada baseada nas construções de vários edifícios idênticos na época soviética. O filme é tão famoso que continua sendo exibido a cada 31 de dezembro.
O cineasta foi um dos signatários em 2014 de uma carta contrária ao envolvimento militar da Rússia no leste da Ucrânia, após a anexação da península da Crimeia.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: