Domingos Clássicos | Priscilla, A Rainha do Deserto (1994)

Um dos filmes mais marcante dos anos 90, não só pela temática, mas também por uma trilha maravilhosa e figurinos espetaculares. ” Priscilla, a rainha do deserto  (1994), foi arrebatador nas bilheterias. Esse longa australiano apresentou personagens gays de maneira simples e humanizada, promovendo aceitação para esse grupo tão marginalizado até os dias de hoje. Escrito e dirigido por Stephan Elliott, o filme conta a história de duas drag queens (Hugo Weaving e Guy Pearce) e de uma mulher trans (Terence Stamp) que moram em Sydney e são chamadas para fazer um show performático em uma cidade do interior. Durante a viagem a bordo do ônibus Priscilla, elas passam por varias aventuras e algumas revelações são feitas.

Resultado de imagem para Priscilla, a Rainha do Deserto

No decorrer da viagem os personagens enfrentam diversas manifestações de homofobia. Desde pichações ofensivas no ônibus, passando por uma tentativa de expulsão em um bar, até chegar à violência física propriamente dita. A produção foi um marco tanto na luta gay por direitos iguais (e pelo fim do preconceito) quanto para o cinema australiano.

Resultado de imagem para Priscilla, a Rainha do Deserto

Imagem relacionada

“Priscilla, a rainha do deserto” arrebatou mais de 21 premios, dentre elas as honrarias máximas do cinema e do teatro, com o Oscar e o Tony Awards de melhor figurino para Tim Chappel e Lizzy Gardiner. O musical também foi indicado a alguns dos mais importantes prêmios da categoria, como o WhatsOnStage Awards (Londres) e o Drama League.

Resultado de imagem para filme Priscilla, a Rainha do Deserto

O trabalho do fotógrafo Brian J. Breheny também é ótimo. Ele e o diretor Stephan Elliott rodam a maior parte das cenas durante o pôr do sol e aproveitam ao máximo as belas paisagens desérticas. Uma das cenas mais bonitas visualmente é aquela que se passa em um lago rodeado por árvores mortas. O sucesso do filme fez com que a história fosse adaptada para a Broadway. Priscilla, Rainha do Deserto – O Musical estreou nos palcos de Sydney e pouco tempo depois chegou à Broadway.

Imagem relacionada

Imagem relacionada

É impossível não se animar assistindo ao filme e cantar pelo menos uma das músicas presentes na trilha sonora. São hits da era disco como “Go West”, do Village People, “I Love The Nightlife”, da Alicia Bridges, “Mamma Mia”, do Abba, e “I Will Survive”, da diva Gloria Gaynor.

Imagem relacionada

______________________________________________________________________________

A imagem pode conter: 1 pessoa, close-up e área interna

Igor André Quadros

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: