Domingos Clássicos | Na Cama Com Madonna (1991)

O filme é documentário sobre a Turnê Blond Ambition (1990) , que além de ter sido muito polêmica era algo que realmente intrigava as pessoas. Na época Madonna não era mais aquela garotinha de Holiday. Já tinha lançado Like a Virgin e a polêmica Like a Prayer. Perfeccionista ela não aceita menos do que o melhor, e qualquer pessoa que não saiba apreciar isto não merece seu respeito. Ela briga com os produtores por ter visto três fileiras de “engravatados” em um de seus shows (alegando que eles não estavam ali para se divertir), e faz careta para Kevin Costner quando este diz que seu show foi joia. A turnê “Blonde Ambition” teve início em 13 de abril de 1990, e encerrada em 5 de agosto do mesmo ano. A turnê passou por 27 cidades neste período. Inicialmente seria David Fincher o diretor do filme, que desistiu do trabalho de última hora. Christopher Ciccone, irmão de Madonna, é o responsável pela direção de arte do filme. O orçamento de Na Cama com Madonna foi de US$ 4,5 milhões. A turnê Blond Ambition, a terceira da cantora Madonna, ainda é vista como um divisor de águas nas perfomances ao vivo. Com coreografias elaboradas e apresentações extravagantemente sensuais e provocativas, o espetáculo se tornou o mais bem sucedido da década de 1990. O longa tem a sétima maior bilheteria de um documentário da história e a terceira maior bilheteria de um filme musical. Ganhou o framboesa de ouro de pior atriz para Madonna.

Imagem relacionada

Registro interessante de uma turnê, não se sabe se Na Cama com Madonna mostra Madonna Louise Veronica Ciccone ou se ela se esconde por trás de uma personalidade que por mais que pareça o contrário, evita se aproximar demais dos que a rodeiam. É sempre uma sensação de dúvida entre o que é fake e o que é mesmo espontâneo.

____________________________________________________________________

z33

Igor Quadros

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: