CRÍTICA: REFLEXOS DA AMIZADE (2004)

Por Alysson Melo

 

House of D no título original conta a história de um artista plástico que, ao ver o filho completar 13 anos, resolve acertar as contas com sua família contando a história de sua própria infância, suas amizades, seus temores, e as tragédias que marcaram sua vida.

Estou devidamente encantado com esse Filme ele é de uma delicadeza e singularidade e mostra de forma bem madura a trajetória vivida pelo protagonista o saudoso Anton Yelchin que está ótimo no papel, assim como o também saudoso Robin Williams que está muito bem como um deficiente que tem uma interação incrível com o Anton.

@Imagem Divulgação

O longa fala de problemas do nosso cotidiano com muita sensibilidade ao mostrar uma história de amizade que ultrapassa fronteiras, há temas como o preconceito, vícios, amadurecimento com um olhar do então diretor e ator David Duchovny em seu primeiro longa como Diretor que mostra se uma direção bem eficiente e eficaz.

Reflexos da Amizade te fará sorrir, chorar , se encantar e se emocionar com essa história de amor, devoção e amizade, um longa que poucos conhecem mas que deve ser conhecido por mostrar elementos de filmes adolescentes dos anos 80 onde os traumas de infância e as relações familiares e o questionamento de como amadurecer em meio ao caos.

____________________________________________________________________

AUTOR DO TEXTO:

ALYSSON MELO

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: