CRÍTICA: OKJA (2017)

Por: Rafael Mayrink

                         ” Um drama que sabe ser perturbador e sensível no nível certo.”

 

Depois da polêmica, durante a exibição no Festival de Cannes, Okja chegou à plataforma de Streaming Netflix. E com uma intenção de perturbar e fazer repensar sobre atitudes da humanidade, o filme consegue ser agradável até certo ponto, mas não é para qualquer um.

Na história temos uma jovem chamada Mikha (Seo-Hyun Ahn) arrisca tudo para evitar que uma poderosa multinacional sequestre sua melhor amiga — uma porca gigante, geneticamente modificada, chamada Okja. O roteiro e a direção de Bong Joon-ho conseguem ser bastante eficiente em vários aspectos. Primeiro por conta da construção da relação entre a criança e o seu animal, este sentimento é muito bem apresentado no início do filme. Outra coisa é na construção de um vilão tão próximo do real. A corporação que tem a diretora Lucy Mirando (Tilda Swinton), que acredita que esta fazer o melhor para humanidade.

@Netflix

O elenco esta muito bem. Ahn além de conseguir ser uma criança tão inocente em alguns aspectos, se mostra forte e determinada a ponto de arriscar tudo por sua amiga. Enquanto Swinton esta muito a vontade em seu papel de uma mulher que tem o poder. Ainda tem Jake Gyllenhaal que esta bem esquisito com o seu personagem, mas ainda bastante carismático. E Paul Dano juntamente com Steven Yeun possuem uns momentos bons.

O efeito especial é outra coisa que impressiona, a criação do animal gigante é bem realista, em todos os momentos é fácil acreditar que ele existe, e quando começa os maltrato você sente pena dele. E sabe fazer isso muito bem, existem cenas bem manipulativas, que estão ali para chocar e para toda uma sociedade repensar sobre suas atuais atitudes.

@Netflix

A história começa bem, mas se perde no meio, se tornando um pouco cansativo, e em alguns momentos aparenta que o filme é longo de mais. E outros personagens como Giancarlo Esposito e Lily Collins são subaproveitados, não tendo muita importância para que esta acontecendo.

Okja é um filme que vai te emocionar e te fazer refletir. Para mim, o acerto da Netflix até agora.


Rafael Mayrink

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: