CRÍTICA: O MESTRE DOS GÊNIOS (2016)

Por Rafael Yagami

NOTA: 

2 ESTRELAS

“O que era para ser interessante, se torna maçante”

Biografia de Max Perkins, um dos editores literários mais famosos do mundo. Apostando em jovens talentos, ele descobriu nomes fundamentais da literatura como F. Scott Fitzgerald, Ernest Hemingway e Thomas Wolfe. O filme acompanha a vida pessoal e Perkins e sua relação complicada com os escritores, cujas obras foram fortemente influenciadas pelo trabalho do editor.

A produção é dirigida pelo britânico Michael Grandage, aqui em seu primeiro filme o diretor já acerta no visual do filme entrando de cabeça na época em que o filme se passa fotografia gótica impactante e escura, bons enquadramentos e uma boa visão para filmagens internas. O grande problema da produção é seu ritmo extremamente lento, dando a impressão de que nada acontece, transformando a experiência em algo cansativo.

wk-genius0610-3

O roteiro fica sob responsabilidade de John Logan, criador da serie “Penny Dreadful” onde ele trás muito de seu estilo para a produção, é visível semelhanças a seus trabalhos anteriores, longe de isso ser um problema, a questão que fica aqui é que tal material destoa da intenção original do texto. Tem um primeiro ato equilibrando e desanda conforme o filme segue, diálogos expositivos e sem vida diminuem o valor da obra.

No elenco de estrelas temos Colin Firth, ganhador do Oscar de melhor ator por “O Discurso do Rei” aqui em excelente forma e elegância, entrega um trabalho competente. Jude Law entrega o melhor personagem da trama de forma aceitável. Nicole Kidman e Laura Linney não tem muito material para trabalhar e são totalmente ofuscadas pelo elenco masculino mais afinado.

7X2A4831.cr2

Genius no original é no papel um dos filmes mais interessantes do ano, porém seu resultado final deixa a desejar, seu elenco de premiados não tem forças para salvar a produção com um texto fraco e uma direção sem experiência suficiente para sustentar esta um projeto como esse.


6tag_220516-203014

Rafael Yagami

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: