CRÍTICA: LIFE – UM RETRATO DE JAMES DEAN (2016)

Por Rafael Yagami

Nos anos 50, as vésperas da estreia do filme “Vidas Amargas” James Dean não é uma ator famoso, porém os estúdios têm grandes planos para sua carreira, vendo essa estrela em ascensão o fotógrafo da grande revista da época “Life” Dennis Stock deseja fazer um grande ensaio fotográfico com o jovem ator. Fugindo da publicidade e promoção do filme, James e Dennis viajam para a fazenda da família de James, e lá fazem o ensaio fotográfico icônico de sua carreira.

O diretor holandês Anton Corbijn assume o comando da produção, conduzindo o filme em outros caminhos, não é simplesmente um filme biográfico, apenas quer reproduzir um pedaço da historia do grande ator que morreu tão jovem. O ritmo do filme é bem equilibrando, não deixando a trama cair na inercia, o jogo de câmera é muito eficaz e a união de todos os quesitos técnicos é muito competente.

life-movie-still-2015-james-dean-robert-pattinson

Luke Davies assina o roteiro, ai temos alguns problemas. A trama não é suficientemente rica e se estende demais até o grande ato final, faltou algo a mais no segundo ato para fazer a ligação de todos eles no final. Os personagens são muito bem desenvolvidos e com motivações claras e algumas sub tramas funcionam. O filme ainda conta com uma estranha tensão sexual entre dois personagens que ou podem ser frutos da imaginação do espectador ou colocada propositalmente na trama.

No elenco temos todos os destaques possíveis para Dane DeHaan, na pele de James Dean, o ator consegue pegar todos os trejeitos e gestos do ator em uma atuação muito convincente, olhar para ele é como olhar para o próprio James. Robert Pattinson como Dennis é um pouco apático demais, o ator é bem inexpressivo e parece estar ligado no piloto automático, mas a amizade que construiu com James é bem convincente e parece real. Ben Kingsley tem uma pequena participação no filme que passa apagado e sem um momento marcante e por fim temos Joel Edgerton em um trabalho convincente, o ator nos últimos anos só tem entregado ótimos trabalhos e aqui repete esse feito.

UHQLife__4_

Life no original, não é um filme biográfico da vida de James Dean, mostra poucos fatos sobre o ator, é necessário saber quem era ele antes para o filme fazer mais sentido, porém para aqueles que gostam do ator é uma boa pedida, mostrar a história de sua ascensão e de suas fotos que são eternas até hoje. Uma boa direção e o excelente trabalho de atuação de Dane Dehann já merece a nossa atenção.


56b42934-9154-42a3-af0a-8e70bc2400ad

Nota: 7.5/10

Rafael Yagami

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: