CRÍTICA: COMO EU ERA ANTES DE VOCÊ (2016)

Por Rafael Yagami

Homem rico e galante sofre um acidente que o deixa tetraplégico e totalmente dependente dos outros, acaba perdendo totalmente sua vida e uma namorada, até que seus pais preocupados procuram contratar alguém que o ajude a se animar e sorrir para a vida mais uma vez, porém não será nada fácil para a garota lidar com o temperamento azedo do homem.

A direção fica a cargo da estreante Thea Sharrock, com vasta experiência no teatro inglês a diretora se sai muito bem aqui em seu primeiro trabalho no cinema, tem uma pegada muito leve e sutil, tudo com muita delicadeza, jogo de câmera leve e ágil em alguns momentos, o ritmo bem morno ajuda o publico se ligar aos personagens e sentir afeto por eles.

maxresdefault

Baseado no mega sucesso de vendas, o roteiro é escrito pela proporia autora do livro Jojo Moyes que consegue uma liberdade para adaptar a própria historia, algo que também aconteceu com “Garota Exemplar”. O roteiro consegue abordar temas muito interessantes e novos no cinema para o publico em massa, os personagens tem alta carga emocional e suas motivações são claras, sendo algumas delas engraçadas ou até mesmo muito triste.

A trilha sonora também merece muito destaque contando até com sucessos do cantor inglês Ed Sheeran. A canção “Unsteady” da banda X Ambassadors  usada em dois momentos também trás emoção para a trama, porém o destaque é para a original “Not Today” da banda Imagine Dragons encerrando o filme.

ME BEFORE YOU

No elenco Emilia Clarke, conhecida por “Game Of Thrones” nos entrega um de seus melhores trabalhos, cheia de energia e sentimentos, faz a trama ser ainda mais agradável. Sam Claflin um dos astros de “Jogos Vorazes” encarna o deficiente, em uma atuação na mediada certa, consegue passar suas dores e suas decisões com pouco movimento e seus breves diálogos. Janet McTeer e Charles Dance estão ótimos em sua pequena participação, transmitem muito o ar de preocupação com o filho. Matthew Lewis conhecido pela saga “Harry Potter” tem um papel pequeno, mas que deixa sua marca com seu humor leve.

Também merece destaque a fotografia muito bonita, realçando ainda mais a beleza natural das paisagens exploradas na trama. O figurino também merece destaque, dando mais personalidades a seus protagonistas, e a edição também é muito competente.

Me-Before-You-MV

Me Before You no original é um dos melhores romances do ano, cheio de emoção e momentos engraçados, promete ser uma boa pedida para toda a família e uma boa aposta para o casal apaixonado. Toca em temas polêmicos, que precisam ser trabalhados, as pessoas sempre tem direito a escolha, apenas quem sente pode falar a respeito. Um filme inglês na veia, na cara bem diferente dos romances americanos, tem aquela sutileza rara em romances baseados em livros de sucesso.


13141074_1095786330459711_803005385_n

Nota: 10/10

Rafael Yagami

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: