CRÍTICA: CÃES DE GUERRA (2016)

Por Rafael Yagami

1estrelaDois amigos levam uma vida tranquila em Miami Beach. Em busca de dinheiro para comprar maconha, descobrem que existe um mercado ilícito em expansão com a venda de armas para o exterior e decidem aproveitar. Com um contrato de 300 milhões de dólares fechados, eles decidem ir para o Afeganistão acompanhar a explosiva transação e ganhar experiência.

Dirigido por Todd Phillips, criador da febre “Se beber não case!” aqui em um projeto bem diferente do que está acostumado a mexer, e entrega um trabalho um tanto duvidoso. O tom do filme é falho e não sabe o que quer, não transita bem entre comédia e drama e fica muito pesada a lembrada de que você já viu essa trama e feita de forma melhor, mesmo que a história aqui apresentada seja baseada em fatos reais.

WAR DOGS

No roteiro escrito pelo próprio diretor com parceria de Jason Smilovic, a coisa desanda ainda mais, é um texto difícil de se entender e não prende a atenção do publico, personagem sem carisma/personalidade e trama convencional demais, a busca pelos seus sonhos a qualquer custo, mesmo com uma narração a falta de aprofundamento nesse mundo das guerras faz a trama ser pobre de conteúdo.

Miles Teller está aqui mais uma vez com seu mesmo semblante e personalidade, visível a falta de energia e engajamento do ator no projeto. Jonah Hill recicla personagens de sua carreira somando uma importância que o filme diz que ele tem e não cola infelizmente, é inegável que o ator tem carisma, mas novidade mesmo e profundidade esse seu personagem não tem. Bradley Cooper faz uma pequena participação bem esquecível e desprovida de carisma.

la-et-mn-war-dogs-review-20160815-snap

War Dogs no original, é um projeto ambicioso que já foi feito e muito melhor em filmes como “Senhor dos Armas”, não diverte, é esquecível e sua mensagem é entrega tão sem alma que cai no poço do esquecimento assim que a produção acaba.

Indicado ao Globo de Ouro 2017, na categoria: Melhor Ator em Comédia ou Musical para Jonah Hill.


RAFAEL YAGAMI
RAFAEL YAGAMI

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: