Crítica: Acima das Nuvens (2015)

Por Jorge Fernando

Primoroso trabalho. Acima das nuvens (Clouds of Sils Maria), tem a perfeita sintonia entre roteiro e atuações, isso se dá pela maturidade da equipe que encontrou uma forma alinhar as duas histórias.

Sils Maria conta com uma história no mínimo interessante. Maria Enders (Juliete Binoche) é uma atriz famosa que é convidada a participar de uma peça no qual já representara há 20 anos atrás e que agora interpretará a personagem mais velha, que exige dela mais responsabilidade e consciência dela. Maria revive sentimentos retraídos, quando tenta justificar a qualquer custo a incapacidade, a submissão, o descontrole de sua personagem, no envolvimento com sua assistente. As tramas se confundem e se alinham no momento que Valentine (Kristen Stewart), começa a passar o texto com Maria. O drama de sua personagem traz a tona os reais problemas de Maria, que tenta encontrar formas de cumprir seu papel sem se envolver de fato com a depressão da trama.

Clouds-of-Sils-Maria-as-Nuvens-de-Sils-Maria-2014-de-Olivier-Assayas

Valentine é a ponte entre a realidade e a ficção do mundo de Maria. Gradativamente Maria aceita sua personagem e dá vasão as intrigas ao qual ela se relaciona. Jo-Ann (Chloe Moretz) agora assume o posto que antes fora de Enders, e determina a forma que irá trabalhar com sua personagem. Com interpretações distintas sobre a importância de seu papel, Maria não consegue aceitar a forma simplista de sua personagem, já Valentine consegue encontrar sentido nas ações tomadas por Helena, por isso a relação entre a atriz e sua assessora já não é mais a mesma – agora o personagem se funde ao criador-, cabendo a Maria seguir sozinha a trama na qual está envolvida de corpo e alma.

Clouds_of_Sils_Maria2-xlarge

 

É interessante o compromisso dos roteiristas em tentar alinhar as tramas, em tentar justificar a falta de interesse de Maria com sua personagem. É verdade também a real crise existencial que Maria passa, quando ver seu personagem ser entregue a uma atriz mais jovem, e isso é o que lhe deixa mais insatisfeita, não consegui ter a notoriedade do personagem principal e ser mais uma espécie de coadjuvante descartável. A forma com a qual Maria em último ato aceita novas propostas de personagens, eleva a maturidade dela, em saber que nunca se tem verdade absoluta dos fatos e que as intepretações partem de todos, assim como suas contribuições.

Clouds-of-Sils-Maria-14

O filme é deveras interessante. O roteiro é ricamente trabalhado. As atuações estão alinhadas, dando destaque a Juliette Binoche que apresenta uma personagem confusa com suas escolhas, mas que está disposta a encontrar solução dos problemas e assim defende-lo, e por incrível que pareça, a apática Kristen Stewart traz uma Valentine determinada em assessorar Maria, mas que precisa em muitas vezes aconselha-la a tomar as decisões certas. Um elemento que prejudicou o filme foi a trilha sonora, que não acompanhou o desenvolvimento dele, deixando o filme por muitas vezes arrastado. Outro elemento peculiar se dá pela montagem, que de fato é boa, mas que deixava confuso por alguns momentos. Com elementos técnicos no mínimo aceitáveis, Acima das Nuvens,  garante um verdadeiro drama de motivação e aceitabilidade, principalmente por garantir com exímias atuações, a veracidade do tema.

JORGE FERNANDO
JORGE FERNANDO

 

Nota: 8/10

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: