COLETIVA: A GLÓRIA E A GRAÇA (2017)

Por Alysson Melo

No último dia 20 de Março rolou a coletiva do longa “A Glória e A Graça’, no Hotel Mercore Botafogo ás 14h que contou com a presença do diretor Flávio R. Tambellini , o roteirista Mikael de Albuquerque e com as atrizes: Carolina Ferraz, Carol Marra e Sandra Coverloni.

Carolina Ferraz fala sobre sua personagem e as dificuldades de se fazer esse longa metragem e sobre como foi importante esse papel. Foto: Silvia Dinniz

Flávio R. Tambellini comentou sobre a história do Filme e sobre como foi importante ter participado desse projeto e ter trabalhado com uma equipe tão boa e ter sido muito prazeroso poder dirigir a esses atores tão talentosos.

Carolina Ferraz falou das dificuldades de participar desse projeto, desde a sua entrada em 9 anos atras ao qual ela entrou como produtora e protagonista no papel da travesti Glória, e também mencionou como foi difícil montar a personagem uma das mais difíceis de sua carreira se não a mais difícil, desde a composição da personagem, aos trejeitos, a forma de se portar e fazer uma trans mais próxima da realidade, assim como em encarar um papel que a desafiasse como atriz, e numa história tão comovente e delicada.

Sandra Coverloni que interpreta no longa a personagem Graça que descobre uma doença terminal na história, atua ao lado de Carolina e a atriz falou como foi prazeroso e especial trabalhar com essas pessoas, e de como essa história é comovente e que foi muito bom participar desse projeto, para a Sandra esse papel foi um presente e que o clima nas filmagens era sempre muito bom e divertido até nas cenas mais tristes e difíceis , na composição da sua personagem ela teve que ler muitos livros sobre doenças terminais e tentar montar a personagem e fazer com que o público se sensibiliza-se com ela.

Sandra Coverloni comenta sobre seu personagem e como foi participar desse projeto. Foto: Silvia Dinniz

Carol Marra que dá vida a uma trans no longa, faz aqui seu primeiro longa metragem, a atriz que na vida real também é trans, ela falou de como foi incrível estar nesse projeto e de como ficou feliz de ter conseguido participar desse filme, comentou sobre as dificuldades em conseguir papeis por ser uma atriz trans, e que espera que o público possa gostar e se identificar com a personagem.

Mikael de Albuquerque que escreveu a história, falou sobre de como o roteiro sofreu alterações e mudanças no decorrer desses 9 anos que o filme demorou pra ficar pronto desde o processo de criação do roteiro, a captação de recursos , a escolha dos atores , diretor e produção, comentou sobre a escolha da doença no enredo que foi mudando conforme os anos foram passando até chegar na versão final do roteiro, esse é o seu primeiro roteiro em um longa metragem e disse estar muito feliz com o resultado e espera que o público possa gostar dessa história.

Da Esquerda para Direita: Sandra Coverloni, Flávio R. Tambellini, Carolina Ferraz, Carol Marra e Mikael de Albuquerque. Foto: Silvia Dinniz

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A Glória e a Graça tem distribuição pela H2O Films , produção da Globo Filmes e já esta em exibição nos cinemas brasileiros, desde a última quinta-feira dia 30 de Março.

Elenco convida o público do Cine com Pipoca a assistir ao Filme:

Mais Fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: