CineMusic: Take my Breath Away (Top Gun- Ases Indomáveis)

Por Alysson Melo

 

Essa semana falaremos de uma música muito conhecida e famosa no mundo todo, que se chama “Take My Breath Away”, cantada pela banda Berlin, para o filme de 1986: Top Gun Ases Indomáveis. A canção foi escrita por Giorgio Moroder e Tom Whitlock. Logo após seu lançamento, a música atingiu o lugar número 1 nas paradas de vários países do mundo, incluindo a primeira posição na Billboard Hot 100.

Berlin é uma banda de New Wave estadunidense formada no início da década de 1980 na Califórnia. Atualmente é formada por Chris Olivas (bateria), Carlton Bost (guitarra), Dave Schulz (DJ) em volta da vocalista Terri Nunn, vindo a ficar mundialmente conhecida com os singles Sex (I’m A…), No More Words e Take My Breath Away, tema do filme Top Gun – Ases Indomáveis.

A Música está conectada ao filme a partir do momento o qual a atração e o desejo entre os personagens Pete “Maverick” Mitchell e Charlie são colocadas a prova. Maverick(Tom Cruise)  que é um arrojado piloto de caça da Marinha dos Estados Unidos que é selecionado para participar do curso na Navy Fighter Weapons School ou Top Gun, após seu companheiro abandonar a aviação de caça. Lá se envolve com Charlie(Kelly McGuillis), instrutora na escola. A letra da música fala sobre: “Tirar o Folego” e tem bem haver com a narrativa do longa ao mostrar o nascer do sentimento entre Maverich e Charlie onde a letra menciona:

Observando cada movimento/ Em meu tolo jogo de amantes

(Que é quando os personagens se conhecem)

Apenas navegando o oceano infinito/ Finalmente amantes não conhecem vergonha

(O desejo e atração tomando conta, mesmo sem querer)

Virando e retornando/ A algum lugar secreto por dentro

(Dentro de cada um dos personagens ja estava presente algum sentimento)

Observando em câmera lenta/ Enquanto você se vira e diz

Tire meu fôlego/ Tire meu fôlego

(Onde o desejo e sentimento falam mais alto e se entregam a paixão)

Observando, eu continuo esperando/ Ainda antecipando o amor

Nunca hesitando/ Em virar amores destinados

Virando e retornando.

(Na exitação de saber se o que sentem um pelo outro é amor mesmo ou so um puro desejo)

Curiosidade: A cantora Teri Nunn, que deixou a Banda Berlin para tentar a carreira de atriz que chegou a fazer teste para a Princesa Leia de “Guerra nas Estrelas”, mas voltou a tempo de ver a fase de ouro da banda. O Berlin foi formado no final da década de 70, em Los Angeles, e “Take My Breath Away” se tornou hit internacional, o single mais vendido do grupo, mas também seu último sucesso e um dos motivos da separação da banda, em 1987, já que a canção não foi composta por eles! Em 1998, Nunn recriou o Berlin com novos membros, mas eles nunca mais emplacaram a façanha de “Take My Breath Away”. Como recordar é viver, a formação original (exceto o baterista Rob Brill) se reuniu em um único show para a gravação do programa de TV “Bands Reunites” (exibido em 2004), na Califórnia, e os ingressos estavam esgotados.

Em 2004 a cantora Jessica Simpson regravou a música, como cover. O single ganhou o Oscar de Melhor Canção Original no ano de 1987. No Brasil, foi a segunda música mais tocada nas rádios em 1986.

 

Assista ao Videoclipe Oficial:

Assista a Versão com a Cantora Jessica Simpson:

 

16 thoughts on “CineMusic: Take my Breath Away (Top Gun- Ases Indomáveis)

  1. Achei super interessante a abordagem que você fez de analisar a letra de acordo com os acontecimentos do filmes. Muita coisa passa a fazer mais sentido na música a partir daí. Não tenho nenhuma ressalva quanto a esse texto pelo menos, ficou bem redondinho e na medida. Se quiser uma dica de futura postagem, Iris do Goo Goo Dolls tem uma conexão bem definida com o filme Cidade dos Anjos.

  2. Ótima matéria! O tema abordado nos faz lembrar daquele filme que nos marcou e traz boas lembranças. Parabéns pela matéria.

  3. Muito bom o texto, as curiosidades e informações dão vontade de ver e rever o filme novamente! Parabéns Allysson pelo trabalho!

  4. Muito boa a matéria, o redator está de parabéns! N sabia q a música tinha sido regravada, foi legal isso ter sido abordado.

  5. obrigado Cristiano, comentarios como o seu nos ajuda a continuar e a melhorar cada vez mais o nosso trabalho e trazer algo legal, obrigado de verdade 🙂

  6. de forma geral gostei bastante do texto pois fala uma linguagem simples e informativa é da um quebra na leitura chata e cansativa .. que por muitas vezes deixa o leitor desinteressado. . pela proposta … achei brilhante a escrita e abordagem .. espero que continue assim Parabéns. .

  7. Obrigado pelo seu comentário Lucas, sua sugestao ja esta anotada, e com planos de ser usada muito em breve, continue nos acompanhando.

  8. Obrigado pelo comentario Deo, muito interessante sua ideia e iremos analisar certamente, quanto a Jessica Simpson nao ficou a mesma coisa q a versao original mas é de se levar em consideração o seu esforço.

  9. Excelente texto! É sempre bom relembrar músicas marcantes como essa. Fale sobre as músicas mais marcantes de “Flashdance” em uma futura oportunidade. Continue com o ótimo trabalho!

  10. Adorei a matéria, e eu não sabia que jessica Simpson havia regravado essa musica.
    Voce podia fazer uma materia com as musicas que mais agitaram e marcaram nas series de tv
    Como por exemplo

    Forever Young do Youth Group que arrebentou na serie The OC
    Impossivel escutar a musica e nao lembrar da serie

    E Wild World esqueci quem canta essa musica, enfim, o elenco da serie Skins cantou ela no final da 1a temporada
    Foi lindo
    Musica muito famosa tbm

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: