‘BASEADO EM FATOS REAIS(2017)’ – UM CONTO POÉTICO PSICOLÓGICO CONTADO DA MANEIRA DENTRO DA MÉDIA

Por: Vinicius Montano

Adaptação do livro D’après Une Histoire Vraie, de Delphine de Vigan e selecionado no Festival de Cannes 2017 e exibido no Rio de Janeiro no evento do Festival do Rio 2017, chega as telonas ‘Baseado em Fatos Reais’ de Roman Polanski, conhecido por obras primas como ‘Chinatown’ e ‘O Pianista’. No elenco temos Emanuelle Seigner na qual é casada na vida real com Polanski e já foi dirigida pelo marido em Busca Frenética (1988), Lua de Fel (1992), O Último Portal (1999) e A Pele de Vênus (2013) e também Eva Green por ‘Os Sonhadores’.

Durante o lançamento de seu mais novo livro, a autora Delphine (Emmanuelle Seigner) conhece Elle (Eva Green), uma de suas fãs, que lhe pede para autografar seu exemplar. Elle também é escritora, trabalhando como ghost writer em biografias de celebridades. Aos poucos as duas se aproximam, com Elle se tornando cada vez mais presente na vida da autora. Por mais que às vezes se sinta incomodada com a onipresença da nova amiga, Delphine permite a aproximação devido à sua fragilidade emocional, o que logo se revela um erro.

@Divulgação: Paris Filmes

A trama tem uma fotografia com tons escuros e cinzentos mostrando os sinais de erotismo, obsessão e loucura de forma muito intensa. O roteiro deixa muito a desejar em diversos aspectos, mostra mais as duas personagens, como se conheciam na hora do lançamento do livro, conquistando a confiança uma da outra, até o momento da Ghost Writer revelar seu dom pertubadora e possessiva, com diálogos que você fica se resmungando e sofrendo em cárcere privado o domínio do medo, mas seus personagens secundários são inúteis e não convencem aproveitamento na trama. A trilha sonora é bastante agitada e você sente como a presa vai fugir da predadora e o lado psicológico entre as duas.

Emanuelle Seigner tem uma postura forte, atuação presente em qualquer momento e seus jogos de câmera focando na expressão de sofrimento, traição e angustia. Eva Green tem uma personagem do jeito fria, calculista e sociopata, e a interação entre as duas abala o psicológico do seu espectador. Vincent Perez como o melhor amigo da escritora, numa atuação de pouco espaço e mal aproveitada. Enfim, ‘Baseado em Fatos Reais’ é um conto poético psicológico contado de maneira dentro da média, não vem a ser nenhuma obra prima do Roman Polanski, mas vale uma pipoquinha e ter seu psicológico abalado vale sim.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: