A origem da pipoca com Cinema

Por Igor Quadros

 

Tão popular quanto o próprio cinema, a pipoca é um alimento apreciado por várias pessoas ao redor do mundo. O seu simples preparo e o sabor do milho despertam o interesse no consumo dessa delicia.

Parece que está na cabeça de todo mundo que um cinema sempre combina com uma pipoca. A pipoca já era vendida em feiras e parques nos Estados Unidos no século XIX. No fim desse período, surgiram os primeiros cinemas americanos, e, com eles, vieram os ambulantes e seus carrinhos com pipoca. No inicio, os donos não simpatizaram muito com a ideia. Para eles, o milho estourado distraia os espectadores sem contar a tamanha sujeira que faziam.

Porém, aos poucos estes mesmos donos notaram que o que poderia ser um problema acabou se tornando fonte de dinheiro e por volta de 1920 chamaram os ambulantes para vender dentro das salas. Em 1925 definitivamente as pipocas se fixaram. Charles Manley inventou a máquina elétrica de pipoca e vendeu, logicamente, para os donos de cinema.

Primeira máquina de pipoca elétrica, inventada por Charles Manley em 1925, que ficou milionário vendendo para todo os cinemas nos Estados Unidos:

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: