A MALDIÇÃO DA CASA WINCHESTER(2018) “A MAIOR CAÇAMBA DE LIXO PARA OS FÃS DO GÊNERO TERROR”

Por Vinicius Montano

 

Recentemente visto em ‘Jogos Mortais: Jigsaw’, os diretores Michael e Peter Spierig do pouco conhecido e ótima ficção científica ‘O Predestinado’, lançam agora o mais novo filme de terror. ‘A Maldição da Casa Winchester’, traz no elenco a vencedora do Oscar em 2007 por A Rainha Helen Mirren, o ator Jason Clarke e a atriz Sarah Snook, na qual trabalhou com o diretor em ‘O Predestinado’. Se aqui eles fizeram ‘Jogos Mortais: Jigsaw’ como maneira de levantar a franquia e recomeçar do zero, mas só que foi desnecessária o resultado, já não era mais pra existir. Agora com esse filme parece que eles perderam a noção do tempo.

No longa, baseado em fatos reais, Sarah Winchester (Helen Mirren), a conflituosa herdeira multimilionária da fortuna das Armas Winchester, constrói uma mansão enorme para expiar a culpa sobre as armas. Ela se convence de que ela é assombrada pelas almas mortas às mãos do rifle de repetição Winchester. Após a morte repentina de seu marido e filho, ela fica 24 horas por dia, sete dias por semana, à frente da construção de uma enorme mansão projetada para manter os maus espíritos na baía. Mas quando o cético psiquiatra de San Francisco, Eric Price é despachado para a propriedade para avaliar seu estado mental, ele descobre que sua obsessão pode não ser tão louca, afinal. O filme leva o público para dentro do labirinto de uma casa que acredita ser um dos lugares mais assombrados do mundo.

@Divulgação Paris Filmes

Aqui temos um início anunciando o título parece os filmes antigos que quando divulgávamos o título, aparecia o ano de produção com aquelas letrinhas pequenininhas, temos um roteiro vergonhoso só pra fazer a gente de trouxa, sustos inexistentes e patéticos, a movimentação de câmera cheia de cortes bobos, a produção parece tão ferrada que quem fez esse filme não entende nada de cinema, trilha sonora um embuste parecendo amador completo e a história abusa muito dos estereótipos do gênero.

Helen Mirren como protagonista, parece que aceitou fazer esse filme por dinheiro e numa caracterização podre e sem sal, até agora tô chocada com a performance dela de uma grande atriz vencedora de Oscar. Jason Clarke como o médico psiquiatra que disso não tem nada se submete a micos e cenas toscas que parece um mágico vidente com uma nota de dinheiro pra descobrir aonde tá a moeda. Sarah Snook parece que é deixada de lado, num papel pobre e sem riqueza. No elenco temos também Angus Sampson(da franquia ‘Insidious’).

@Divulgação Paris Filmes

‘A Maldição da Casa Winchester’, é um filme que jamais você deva lembrar de tão vergonhoso que é. Parecia aqueles filmes B amador que a BAND passa que a gente nunca tenha ouvido falar, não tem terror e uma história que abusa do xexelento. Aqui apresento a verdadeira caçamba de lixo do gênero terror.

1 thought on “A MALDIÇÃO DA CASA WINCHESTER(2018) “A MAIOR CAÇAMBA DE LIXO PARA OS FÃS DO GÊNERO TERROR”

  1. Helen Mirren faz um ótimo trabalho, gostei. Meu preferido de tudos os filmes de terror é It e sem dúvida o papel que realizo Bill Skarsgard é uma das suas melhores atuações, a forma em que vão metendo os personagens e contando suas historias é única, gostei assistir a It a coisa é um dos melhores de terror, tem uma ótima adaptação do livro, atuações maravilhosas e efeitos especiais que dão medo, algo que eu amei foi como eles redesenharam Pennywise.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: