A Hora da Estrela | Leonard Nimoy

“A vida é como um jardim. Momentos perfeitos podem ter acontecido, mas não preservados, exceto na memória”. Esse foi o último tuíte de Leonard Nimoy, o Spock de “Jornada nas estrelas”, que morreu aos 83 anos.

Leonard Nimoy teve a carreira marcada por seu papel como o alienígena meio-humano, meio-vulcano Mr. Spock, de Jornada nas Estrelas (Star Trek) mas também atuou como diretor, roteirista, compositor, poeta e fotógrafo.

Nimoy começou a atuar ainda criança. Sua carreira profissional iniciou na década de 1950. Ele fez pequenos papéis em alguns filmes, mas principalmente em séries de TV, aparecendo em episódios de “Dragnet”, “Sea Hunt”, “Bonanza”, “Wagon Train”, “Rawhide”, “The Twilight Zone”, “Os Intocáveis”, “The Outer Limits”, “The Virginian”, “Get Smart” e “Gunsmoke” antes de alcançar a fama em “Jornada nas estrelas”.

Sua grande oportunidade veio em 1966, quando foi escolhido pelo criador de Star Trek, Gene Roddenberry, para viver o emblemático Spock. Nimoy virou um dos protagonistas da série e ganhou uma legião de fãs. Nimoy recebeu três indicações ao Emmy, o Oscar da TV americana.

Mais recentemente, ele retornou à série “Fringe” como o maníaco professor William Bell, e fez a voz de Spock em um episódio de 2012 de “Big Bang Theory”. O último trabalho dele como Spock foi “Além da escuridão: Star Trek” (2013), segundo longa da franquia desde a retomada com “Star Trek” (2009), sob direção de J.J. Abrams.

______________________________________________________________________

z33

Igor Quadros

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: