A Hora da Estrela | James Dean

Um dos maiores galãs da era de ouro e ícone de rebeldia de Hollywood. Uma carreira meteórica com filmes aclamados como “Vidas Amargas”, “Assim Caminha a Humanidade”, “Juventude Transviada”. Foi indicado ao Oscar de melhor ator por duas vezes (O único ator a ter recebido mais de uma indicação póstuma ao Oscar na história da premiação). Seu livro preferido era O Pequeno Príncipe de Antoine de Saint Exupéry. Ele até pensava em fazer uma versão cinematográfica do livro.

Resultado de imagem para james dean

Imagem relacionada

O primeiro papel profissional que ele recebeu foi por um comercial da Pepsi, em 1954, recebendo 10 dólares. James tinha como ídolo o ator Marlon Brando. James imitava as atitudes e forma de se vestir de Brando. Os dois se encontraram algumas vezes, mas Brando fez questão de falar em sua autobiografia que não gostava Dean. Os dois se encontraram três vezes, no set de “Vidas Amargas”, no set de “Désirée” e em uma festa, onde Brando o chamou num canto e disse ao jovem ator que procurasse um psiquiatra.

Dean viveu com seus avós em uma fazenda de Indiana até os 18 anos e depois se mudou para a Califórnia, onde começou a estudar interpretação na Universidade da Califórnia em Los Angeles. Ali foi escolhido entre mais de 300 alunos para dar vida a Malcolm em um espetáculo de “Macbeth”. Interpretava de maneira diferente de todos os outros atores de sua época, dizia tudo com apenas um olhar. Mais do que um ícone americano, seu nome é ligado a um estilo de vida.

Resultado de imagem para james dean juventude transviada

Dean morreu muito cedo aos 24 anos, em um acidente de carro em 30 de setembro de 1955. Ícone da rebeldia em sua época, sua beleza e a atitude, desafiadora e ao mesmo tempo vulnerável, ajudaram a definir a juventude do pós-guerra. James Dean viveu e morreu de acordo com sua própria filosofia, com frases que entraram para o imaginário de Hollywood como “a gratificação vem ao fazer, não com os resultados”. Além da célebre “sonhe como se fosse viver para sempre e viva como se fosse morrer hoje”. No momento da sua morte James Dean não tinha deixado um testamento. Seus bens foram para seu pai, com quem ele tinha um relacionamento turbulento. Muitos dos seus pertences e objetos pessoais foram roubados de seu apartamento. Seu pai herdou também a propriedade de Dean que estava avaliada em 96 mil dólares.

Segundo sua biografia era aberto a experiências sexuais com ambos os sexos, mesmo sem se considerar bissexual. Teve um romance com Rogers Brackett, influente empresário que facilitou sua entrada na alta-roda de Hollywood.

Resultado de imagem para Rogers Brackett james dean

_______________________________________________________________________________

A imagem pode conter: 1 pessoa, close-up e área interna

Igor André Quadros

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: