A Hora da Estrela | Christopher Reeve

Há dose anos o cinema perdia Christopher Reeve, seu melhor Superman! No dia 10 de outubro de 2004 saía de cena o último grande herói do cinema.

Christopher Reeve foi o melhor de todos os Supermans que já chegaram às telas, o ator inspirou gerações e fez o mundo acreditar que um homem poderia voar. Em 1995, uma queda de cavalo deixou o ator tetraplégico. Resistiu por nove anos, antes de morrer, aos 52, de uma parada cardíaca.

O Superman de Christopher Reeve pegou o mundo de surpresa. A combinação entre a inocência e o humor de Clark Kent e a condição de herói clássico que o ator ajudou a desenhar para o personagem fisgaram uma legião de fãs pelo mundo todo.

Christopher Reeve foi formado pela prestigiada Juilliard School of Performing Arts, virou um astro da noite para o dia. Ganhou até o Bafta, o Oscar inglês, de revelação.

O sucesso não impediu o ator de buscar filmes que o desafiassem: foi o herói romântico de “Em Algum Lugar do Passado” (1980), dividiu a tela com Michael Caine no suspense “Armadilha Mortal” (1982), viveu um padre em “Monsenhor” (1982). Tudo no auge da fama como homem de aço.

Em sua aparição na festa do Oscar, um ano depois do acidente, foi aplaudido de pé por mais de um minuto e levou muitas estrelas de Hollywood às lágrimas.

__________________________________________________________________

z33

Igor Quadros 

1 thought on “A Hora da Estrela | Christopher Reeve

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: