CRÍTICA: A ESPERA (2017)

Juliette Binoche. "The Wait" ("L'Attesa"). Director Piero Messina. Indigo Film

Por Rafael Yagami

Num momento de profunda dor e luto, Anna é surpreendida pela visita da namorada francesa do filho, Jeanne, por ele convidada para os festejos de Páscoa. Isoladas num casarão na Sicília, Itália, elas escondem segredos enquanto aguardam ansiosamente o reaparecimento do rapaz.

No comando da produção o italiano Piero Messina, pega no mastro muito mal e capota em seu primeiro longa. Ritmo arrastado demais logo nas cenas iniciais, excesso de cenas contemplativas, fotográfica escura e sem vida, trazendo um clima de solidão e frio para a trama, bem valida à proposta, porém não consegue salvar o filme.

Juliette Binoche. "The Wait" ("L'Attesa"). Director Piero Messina. Indigo Film

A trama por mais irritante que pareça ser, consegue ser ainda pior, mesmo sendo uma produção pequena, o sentimento de exaustão se instala rápido no publico. Um tanto curioso reunir numa casa a mãe e namorada de seu filho, porém basicamente nada acontece, nada que leve a trama a algum lugar, mesmo pequeno, são quase uma hora e quarente de uma grande sopa de nada.

No elenco temos a maravilhosa ganhadora do Oscar Juliette Binoche, totalmente mal aproveitada e sentindo claramente a falta de material para expor todo o seu potencial, carrega o filme nas costas, merece créditos por isso, seu olhar penetrante é a melhor coisa da produção. Lou de Laâge é o segundo pilar do elenco, em um trabalho um tanto frigido onde o diretor tira proveito do seu belo porte físico e deixa de lado suas habilidades como atriz. Giorgio Colangeli e Domenico Diele não marcam presença na produção.

l-attesa-il-primo-lungometraggio-di-piero-messina-in-concorso-a-venezia-233638-1280x720

L’Attesa no original, vai testar a paciência do seu público, mesmo para aqueles que gostam de uma trama mais lenta, a produção promete ser uma pedra no seu sapato. Direção desligada e roteiro entediante são os destaque dessa produção complicadíssima de se assistir.


RAFAEL YAGAMI

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: